Dinamite é encontrada no presídio de Erechim

Revista na cela 13 do Presídio Estadual de Erechim resultou na apreensão de uma carga de dinamite, no início da noite desta terça-feira, 20 de fevereiro. A ação foi realizada em conjunto entre a Brigada Militar e os agentes da Susepe, que já vinham investigando a possibilidade de existir um explosivo na penitenciária

Além da dinamite, os agentes também encontraram estoques (facas artesanais), aparelhos de telefone celular e drogas no interior da cela. A dinamite foi levada para um local isolado da penitenciária, até a vinda do GATE de Porto Alegre, para realizar a detonação. O restante do material foi apreendido e entregue na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

Em novembro de 2016, agentes já haviam encontrado uma dinamite na penitenciária. Em janeiro deste ano, um segundo artefato explosivo foi localizado e apreendido no telhado da casa prisional. Entre o final de janeiro e o início de fevereiro, dois túneis que estavam sendo escavados pelos detentos foram encontrados pelos agentes e no último final de semana, o presídio permaneceu em situação de alerta devido a informações de que ocorreria uma fuga em massa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais