Vestibular de Medicina da URI atrai estudantes de vários estados

         A busca por vagas oferecidas no terceiro vestibular para o Curso de Medicina da URI Erechim mobilizou um grande número de candidatos de vários estados. O Concurso, constituído de uma prova de Proficiência em Língua Portuguesa – Redação, ocorreu neste domingo, 19, às 14h, nas salas de aula do prédio 10.

        O índice de abstenção foi de 8%. Os vestibulandos tiveram duas propostas para desenvolver a redação: “comportamento humano”, baseado numa charge e nas opiniões dos escritores Mário Sérgio Cortella, Leandro Karnall e Luiz Felipe Pondé; e a “queda da felicidade no Brasil”, baseado em artigo do médico JJ Camargo.

        Os candidatos tiveram até três horas para desenvolver a redação que se somará à nota objetiva obtida no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). O resultado, conforme prevê o edital do concurso, vai ser conhecido no dia 29, às 10h, no próprio site do curso.

        A Universidade começou a receber os alunos e seus familiares a partir do meio-dia. Eles chegaram mais cedo para localizar o prédio onde fariam a prova. Logo na entrada estavam as listas dos vestibulandos e a indicação das respectivas salas de aula.

        O vestibular ofereceu 55 vagas, sendo 51 para ingresso direto, mais 4 vagas via PROUNI. Entre as 51 vagas diretas, a Universidade tem mais três bolsas de 100% para alunos da região, pertencentes aos municípios do COREDE Norte e COREDE Nordeste (Conselhos Regionais de Desenvolvimento) conforme prevê a proposta de construção do Curso.

        A origem dos candidatos mostrou que o Curso continua atraindo interessados dos mais diferentes pontos do país. Eles eram oriundos de 146 diferentes municípios dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. As cidades com maior número de candidatos são Erechim, Passo Fundo, Chapecó, Porto Alegre, Curitiba, Concórdia, Marau, Frederico Westphalen, Ijuí e Santa Maria.

        Enquanto os candidatos realizavam a prova, os familiares que os acompanhavam puderam conhecer parte da estrutura oferecida pelo Curso de Medicina, que está localizada também no URICEPP (Centro de Estágios e Práticas Profissionais), e no Ambulatório construído junto ao Hospital Santa Terezinha. O Coordenador do Curso, Sérgio Bigolin, e a Coordenadora Pedagógica, Míriam Wilk Wisniewski, acompanharam a visita. Os familiares consideraram a visita muito importante, pois puderam ver de perto o trabalho que vem sendo realizado pela Universidade para dotar esse curso da melhor estrutura possível aos atuais e futuros alunos do Curso.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais