PP volta a procurar Jackson

Apesar de já ter anunciado que não será candidato nas eleições de outubro, o secretário adjunto de Saúde, Jackson Arpini, tem recebido inúmeras visitas de lideranças do Partido Progressista (PP), para tentar demovê-lo da ideia de não concorrer a deputado estadual.

Segundo informações, apenas um nome não teria manifestado apoio a sua candidatura.

O que chama atenção é que essa quase unanimidade veio de forma tardia. Quando Arpini estava disposto a concorrer, algumas figuras importantes do partido fizeram de tudo para inviabilizar sua candidatura, mas agora defendem seu nome como candidato da região Alto Uruguai.

Por Fabio Lazzarotto

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.