Presidida pelo vereador Mario Rossi, nova mesa diretora toma posse

Com o plenário da Casa Legislativa lotado na manhã desta quinta-feira (19), foi realizada a sessão solene de transmissão de cargos e posse da nova mesa diretora, que estará à frente da Câmara em 2020. Foram empossados os vereadores Mario Rossi (MDB), como presidente, Sergio Alves Bento (PT), vice-presidente, Alessandro Dal Zotto (PSB), primeiro secretário, e Sandra Picoli (PCdoB), segunda secretária. A solenidade contou com a presença do vice-prefeito Marcos Lando, secretários e demais autoridades representando entidades do município.

Presidente da Câmara em 2019, Alderi Oldra (PT) agradeceu aos demais vereadores, servidores e assessores do Legislativo, e destacou o empenho de todos na busca por uma economicidade maior. “Conseguimos economizar 51% do orçamento, usando 49% do total que nos é concedido. Conhecendo os nobres colegas vereadores, posso afirmar com tranquilidade que cada um procurou atender às solicitações dos cidadãos erechinenses com muita competência. Não somos perfeitos, mas nos esforçamos para fazer o melhor”, avaliou Oldra, citando exemplos da produtividade da casa ao longo do ano. “Analisamos 107 Projetos de Lei Executivos, 64 Projetos de Lei Legislativos, 122 Pedidos de Informação, 751 Pedidos de Providências, 26 Projetos de Lei Complementar. Apresentamos 28 moções, realizamos 44 sessões ordinárias, três extraordinárias, 11 solenes, quatro especiais e 14 tribunas livres, além de inúmeras audiências públicas e a promulgação de importantes projetos, como o Plano Diretor”.

Em seu primeiro discurso após a posse como presidente, o vereador Mario Rossi elogiou a gestão da mesa diretora de 2019, destacando que dará continuidade ao trabalho desenvolvido. “É uma honra muito grande presidir esta Casa Legislativa. Prometo exercer a função de presidente com a mesma transparência, lealdade e comprometimento que os presidentes que me antecederam e que tiveram com esta casa e com a população de nosso município”, exaltou o parlamentar, ressaltando que a relação da Câmara com o Poder Executivo continuará marcada por respeito e pelo bem comum dos erechinenses. “O objetivo de ambos os poderes é melhorar a qualidade de vida da comunidade. Erechim pode contar com os 17 vereadores”, completou Mario Rossi.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais