Fêmea de gambá é atropelada e mulher resgata filhotes

Conheça essa linda história de amor aos animais

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Carmen Cunha sempre amou os animais e muitos, já conhecem a história da erechinense e presidente da Pró-Cão. Além do apreço e cuidado que sempre teve com os cães, ela já cuidou das mais diferentes espécies de animais.

Mas, algo inusitado aconteceu nos últimos dias. Enquanto caminhava nas proximidades da sua residência, avistou o que parecia ser um gato morto próximo de um barranco. Ao aproximar-se, viu que se tratava de uma fêmea de gambá que havia sido atropelada. O animal estava morto, mas com a barriga se mexendo. Foi então que encontrou os filhotes.

Carmen retirou os pequenos gambás da bolsa da fêmea, levou para casa e desde então, os alimenta. “Eles são animais que não incomodam, dou comida com a seringa e já estou acostumando a se alimentarem sozinhos. Basta ter paciência e amor. Quando tiverem com os dentes prontos e comendo de forma independente, farei a soltura. Eles precisarão voltar ao seu habitat, comer carrapatos, aranhas, cobras e todo tipo de animal peçonhento”, disse Carmen.

Mas muito além do cuidado, ela alerta para o mais importante: a conscientização. “Quando você condutor ver gambás ou raposas atravessando as vias, diminua a velocidade. As fêmeas estão em período de reprodução e com as bolsas cheias. Fica o alerta para quem encontrar uma fêmea morta, pois a bolsa tem uma proteção e geralmente todos os filhotes estão vivos e precisando de ajuda. Por isso, não matem e nem atropelem, eles não fazem mal a ninguém”, pediu a protetora.

Por Carla Emanuele 

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais