Em nota pai de médica desaparecida em Erechim nega pedido de resgate de R$ 2 milhões

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O prefeito do município de Laranjeiras do Sul Berto Silva, pai da médica que supostamente foi sequestrada em Erechim, divulgou uma nota oficial na manhã desta segunda-feira a respeito do caso.

Na nota Berto Silva pede encarecidamente a todos que não repassem informações inverídica sobre o caso e diz que tudo que se sabe é que Tamires está desaparecida. “É só o que sabemos. Não sabemos onde ela está, como ela está e como se deu o seu desaparecimento”, disse Silva.

O prefeito de Laranjeiras do Sul  disse também que não é verídica a informação do pedido de R$ 2 milhões de resgate pela filha. “Não confirma essa notícia que espalharam de que sequestradores teriam pedido recompensa para libertar Tamires”.

No final de semana um radialista paranaense que é irmão de Berto Silva declarou a um site local que os sequestradores haviam feito contato e solicitado o valor como resgate.

Berto Silva esclareceu na nota que não autorizou absolutamente ninguém a falar em seu nome. “Além de mim, somente Elisa e o nosso genro Lucas tem autonomia para comentar o caso, mas não estamos fazendo. Nós só queremos a Tamires de volta, sã e salva” disse.

O pai da médica desaparecida solicitou ainda orações para que a filha seja localizada.

Confira a nota oficial de Berto Silva

Nota à imprensa

Com o coração dilacerado e envolvido num sentimento de angústia que não cabe mais no meu peito, me dirijo à população de Laranjeiras do Sul para agradecer as manifestações de carinho proferidas a mim e à Eliza por conta do desaparecimento da nossa filha Tamires Regina Gemelli da Silva Mignoni, na última sexta-feira, 16 de outubro, em Erechim, no Rio Grande do Sul, onde ela atua como médica.

Aproveito para pedir encarecidamente a todos que não repassem informações inverídicas sobre o caso. O sensacionalismo e as notícias falsas só atrapalham neste momento. Nossa filha está desparecida. É só o que sabemos. Não sabemos onde ela está, como ela está e como se deu seu desaparecimento. Não confirmo essa notícia que espalharam de que sequestradores teriam pedido recompensa para libertar a Tamires.

Por favor, não compartilhem isso. Não autorizei absolutamente ninguém a falar em meu nome. Além de mim, somente a Eliza e o nosso genro Lucas têm autonomia para comentar o caso, mas não estamos fazendo. Nós só queremos a Tamires de volta, sã e salva. Continue nos ajudando, por favor, apenas com sua oração. Ela está nos mantendo em pé neste momento. Deus lhes pague.

Atenciosamente,

Berto Silva

Relembre o caso

Uma médica ginecologista foi sequestrada na cidade de Erechim na manhã desta sexta-feira, 16.

Segundo informações obtidas pela reportagem da Rádio Uirapuru, Tamires Gemelli da Silva Mignoni que é filha do prefeito da cidade de Laranjeiras do Sul no estado do Paraná foi raptada após ser abordada quando estava em seu veículo quando saia do trabalho na Unidade Básica de Saúde do Bairro Aldo Arioli.

Tamires estava a bordo de uma Chevrolet Equinox de cor branca que foi localizada ainda na sexta-feira.

A investigação do caso esta sob responsabilidade da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (DRACO) que é coordenada pelo delegado Gustavo Ceccon que conta com apoio de equipes do DEIC e de policiais do Estado do Paraná.

Fonte: Rádio Uirapuru

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais