Produtores e alunos participam do curso de Secagem e Armazenagem de Grãos no Cetre em Erechim

Dentro do trabalho de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) de qualificação dos produtores, visando contribuir no aumento de renda, a Emater/RS-Ascar iniciou nesta terça-feira (19/06), mais uma edição do curso de secagem e armazenagem de grãos. Um grupo de 11 pessoas, entre produtores e alunos do Colégio Agrícola Estadual Angelo Emilio Grando, está participando do curso que se estende até quinta-feira (21/06), no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre).

Os participantes receberam as boas-vindas do gerente regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Gilberto Tonello, do coordenador e instrutor do curso, Carlos Alberto Angonese, e do coordenador do Cetre, Jorge Silvano Silveira. Tonello falou da importância da capacitação para os participantes e destacou que o Cetre oferece 13 cursos, citando os de gestão de bovinocultura de leite, dieta da vaca leiteira e o de plantas medicinais, aromáticas e condimentares, introduzidos no calendário de cursos em 2018.

Silvano lembrou que o Cetre está completando 20 anos e já capacitou mais de 6 mil pessoas, entre produtores e técnicos da Emater/RS-Ascar. Também ressaltou a forma pedagógica com práticas que oportunizam “o aprender fazendo”. Ele expôs ainda sobre a infraestrutura do Cetre.

Dentre os diversos temas que serão repassados durante o curso estão coleta e amostras e padronização de métodos de secagem dos grãos, aeração, manejo integrado de insetos e de roedores, aspectos construtivos da armazenagem, silagem de grão úmido, fungos e micotoxinas e comercialização de grãos. O conteúdo, teórico e prático, será repassado pelos instrutores Carlos Alberto Angonese, Murilo Marcon e Antonio Pandolfo e pelo classificador da unidade de Classificação de Erechim, Waldir Machado. Também integra a programação do curso uma visita técnica à unidade de armazenagem.

A Emater/RS-Ascar orienta os produtores a construírem silos em suas propriedades rurais, de acordo com as necessidades de cada uma delas, e desenvolve projetos de crédito e de unidades armazenadores. O produtor que tem silo consegue guardar o grão com qualidade e baixo custo.

Além dos cursos citados, o Cetre oferece cursos de boas práticas de fabricação; panificação e processamento de farináceos (pães); panificação e processamento de farináceos (biscoitos e bolachas); citricultura; produção artesanal de bolos e tortas; massas frescas e salgados; gestão de agroindústrias. Os cursos contam com o apoio do Sicredi e da Cresol. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3321-0973 ou no site www.emater.tche.br .

 

 

Comentários estão fechados.