As pré-candidaturas inéditas a deputado Federal

Os meios políticos de Erechim e região estão vivendo um momento diferente ao das ultimas décadas, quando havia uma verdadeira falta de candidatos a deputados federais. Os únicos três candidatos nos últimos 20 anos foram Ivar Pavan (PT), Valdomiro Fioravante, primeiro pelo PT e depois pelo PSB, e Adacir Carlotto (PSDB). É muito pouco e aí talvez se explique o motivo de a nossa cidade e região estar vivendo uma verdadeira crise de falta de representatividade política, que tem reflexo direto na nossa economia.

Agora, apenas nos últimos meses já tivemos o pré-lançamento de quatro candidaturas, só na última semana foram duas. Na quinta-feira, 10, foi a vez do jovem e quase desconhecido no meio político regional, Carlos Pomagerski lançar sua pré-candidatura pelo Partido Progressista. Pomagerski será o primeiro candidato a deputado federal pelo partido de Erechim e do Alto Uruguai desde a fundação da sigla. A legenda já teve nomes muito fortes na região, um dos exemplos é o do ex-prefeito Eloi Zanella.

No último sábado 12, foi a vez da vereadora, Sandra Picoli, fazer o pré-lançamento de sua pré-candidatura a deputada federal pelo PCdoB. Sandra será a primeira mulher candidata deputada federal de nossa região e também o PCdoB daqui terá a primeira candidatura à Câmara Federal.

No mês passado foi a vez do PPS fazer pré-lançamento de candidatura a deputado federal, com o ex-prefeito de Áurea, Ito Muller, fazendo com que o partido pela primeira vez tenha uma candidatura da região à Câmara Federal. Em março o MDB de Erechim fez o pré-lançamento do ex-prefeito, Paulo Alfredo Polis, como candidato a deputado federal. Sendo que o MDB pela primeira vez terá um candidato originalmente de Erechim. O partido foi considerado ao longo de muito tempo como o maior de nossa cidade e da região, com muitas lideranças fortes, um dos exemplos é o ex-prefeito, Antônio Dexheimer, hoje no PSD.

Ainda falta acontecer o pré-lançamento da candidatura do vereador, André Jucoski, pelo PDT, que também terá pela primeira vez uma candidatura daqui. Outro que está pensando muito se será candidato é o empresário Adacir Carlotto, hoje no PHS. Seria o primeiro do partido, ainda um pouco desconhecido na região.

Por Egidio Lazzarotto

 

Comentários estão fechados.