Paciente com suspeita de Dengue estaria internado em Erechim

Fato ocorre no momento em que o município enfrenta uma infestação de mosquitos e em época de proliferação dos mesmos

Erechim teria registrado nesta semana o primeiro caso suspeito de dengue este ano no município. O fato ocorre no momento em que o município enfrenta uma infestação de mosquitos e em época de proliferação dos mesmos.

A paciente seria moradora do bairro Fátima, estaria internada em hospital da cidade e os exames para comprovar se está com a doença ou não, podem levar de 10 a 20 dias até ficarem prontos.

A infestação de mosquitos vem sendo divulgada há meses e a Secretaria Municipal da Saúde intensificou ações de promoção e prevenção a Dengue. Em recente entrevista para o Jornal do Almoço, o coordenador da Vigilância em Saúde, Aldo Diligenti, informou que em todos os 58 bairros da cidade existia a presença do Aedes aegypti, mas não haveria mosquito infectado, porém, se alguém contraísse Dengue e por ventura fosse picado, o inseto acabaria infectado e poderia espalhar a doença pela cidade.

Na entrevista, Diligente lembrou que a infestação na cidade estaria em 5,2%, quando, segundo o Ministério da Saúde, o ideal seria ficar abaixo de 1%. Para se ter uma ideia, o índice representa que a cada 100 imóveis, mais de cinco tem foco do Aedes. O coordenador contou ainda que, as pessoas não estão oferecendo resistência na hora de receber os fiscais, porém, muitos não estão adotando as orientações repassadas.

 

Dicas de prevenção para evitar a proliferação dos mosquitos

Não deixe água acumulada em recipientes; Ponha areia nos pires de vasos das plantas; Faça furos nos pneus velhos; Remova folhas e galhos das calhas; Evite cultivar plantas aquáticas e Mantenha latas e garrafas emborcadas para baixo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais