Paciente com suspeita de Dengue estaria internado em Erechim

Fato ocorre no momento em que o município enfrenta uma infestação de mosquitos e em época de proliferação dos mesmos

Erechim teria registrado nesta semana o primeiro caso suspeito de dengue este ano no município. O fato ocorre no momento em que o município enfrenta uma infestação de mosquitos e em época de proliferação dos mesmos.

A paciente seria moradora do bairro Fátima, estaria internada em hospital da cidade e os exames para comprovar se está com a doença ou não, podem levar de 10 a 20 dias até ficarem prontos.

A infestação de mosquitos vem sendo divulgada há meses e a Secretaria Municipal da Saúde intensificou ações de promoção e prevenção a Dengue. Em recente entrevista para o Jornal do Almoço, o coordenador da Vigilância em Saúde, Aldo Diligenti, informou que em todos os 58 bairros da cidade existia a presença do Aedes aegypti, mas não haveria mosquito infectado, porém, se alguém contraísse Dengue e por ventura fosse picado, o inseto acabaria infectado e poderia espalhar a doença pela cidade.

Na entrevista, Diligente lembrou que a infestação na cidade estaria em 5,2%, quando, segundo o Ministério da Saúde, o ideal seria ficar abaixo de 1%. Para se ter uma ideia, o índice representa que a cada 100 imóveis, mais de cinco tem foco do Aedes. O coordenador contou ainda que, as pessoas não estão oferecendo resistência na hora de receber os fiscais, porém, muitos não estão adotando as orientações repassadas.

 

Dicas de prevenção para evitar a proliferação dos mosquitos

Não deixe água acumulada em recipientes; Ponha areia nos pires de vasos das plantas; Faça furos nos pneus velhos; Remova folhas e galhos das calhas; Evite cultivar plantas aquáticas e Mantenha latas e garrafas emborcadas para baixo.

Comentários estão fechados.