URI Erechim e Unicred entregam jalecos aos calouros de Medicina

Cerimônia foi realizada na sexta-feira (16), no Salão de Atos da Universidade

A URI Erechim, em parceria com a Unicred, promoveu, nesta sexta-feira (16), a cerimônia de entrega de jalecos aos calouros da primeira turma do Curso de Medicina da Universidade. O evento foi realizado no Salão de Atos e prestigiado pela diretora acadêmica, professora Elisabete Maria Zanin; coordenador do curso, professor Sérgio Bigolin; supervisora pedagógica, Miriam Wilk Wisniewski; diretor-presidente da Unicred, Antônio Gabriel Teixeira; gerente geral da Unicred, Vânia Bez Balestrin, estudantes, pais, professores e convidados.

 A Diretora Acadêmica, professora Elisabete Maria Zanin, destacou que o jaleco branco simboliza proteção e cuidado, transição na vida acadêmica e realização de um sonho dos acadêmicos. “Dediquem-se aos estudos e contem com a seriedade desta Universidade, representada por seus professores, que sabem que o sucesso está na generosidade mental (ensinar o que sabem), na honestidade moral (praticar o que ensinam) e na humildade inteligente (perguntar o que ignoram) ”, salientou.

Antes de apresentar a cooperativa de crédito ao seleto público, a gerente geral, Vania Bez Balestrin, lembrou que a Unicred nasceu do seio da classe médica e ressaltou a importância do momento para calouros, pais, professores e instituição de ensino. “Esta cerimônia do jaleco é única e é ainda mais especial porque é a primeira do Curso de Medicina da URI Erechim”, disse ela, pedindo aos calouros que se empenhem em ser os melhores alunos; aos professores que tenham a paciência e a dedicação necessárias para transformar estes acadêmicos nos melhores profissionais do mercado e à Universidade que ofereça toda a estrutura e apoio imprescindíveis para essa missão. “Este é o desejo da Unicred, ser parceira de alunos, pais, professores e desta instituição neste momento, que é marco histórico com a primeira cerimônia do jaleco da primeira turma do Curso de Medicina”, declarou.

Ao detalhar a estrutura da Unicred, que ocupa o 2º lugar entre as 11 singulares do RS e o 5º lugar entre as 34 do Sistema no Brasil, Vânia pontuou como principal diferencial da cooperativa de Erechim o relacionamento com as pessoas. “Estamos aqui para atender a todos, mas de forma personalizada, seja para financiar parte do curso ou do futuro consultório, consórcio de veículos e ou imóveis, oferecer aplicações e previdência privada, porque este é o começo de uma nova jornada e a Unicred está pronta para caminhar com vocês, futuros médicoS”, completou.

O diretor-presidente da Unicred Erechim, médico ginecologista e obstetra Antônio Gabriel Teixeira, ministrou palestra sobre o tema “O ser médico: do sonho à realidade”. Ao recordar o que o motivara a seguir a profissão que escolheu como vida, lembrou do sonho. “Sou de uma época em que sonhar ser médico um dia era quase impossível! Havia poucas escolas de Medicina, muito concorridas e em minha família não havia a cultura de aspirar tão elevado sonho. Mas eu me atrevi a sonhar!”, assegurou, revelando que um simples dizer proferido por um tio paterno, despertou seu primeiro impulso que um dia o levaria a cursar a Faculdade de Medicina de Santa Maria.

Teixeira ressaltou, ainda, a máxima do “querer é poder”, e também pediu para que os futuros médicos jamais percam a ternura e a consciência ética. “Bem-vindos ao maravilhoso mundo de ser protagonista no poder da cura, e quando ela não for possível, que estejam sempre atentos e preparados para atenuar a dor e oferecer o consolo e a compaixão aos que sofrem. Nada nesse mundo supera o ato de servir e a Medicina nos proporciona inúmeras formas de fazer o bem. Mas nem só de boas coisas vivereis ao praticar a Medicina, pois vivemos num país de conflitantes interesses políticos institucionais, que atingem em cheio o setor de saúde. Carências de toda a ordem são a tônica de quem se propõe a fazer saúde pública, mas nem por isso devemos desistir”, aconselhou.

Como presidente da Unicred, reafirmou que a instituição está de portas abertas para atender as necessidades dos acadêmicos e de seus familiares. “O jaleco ofertado é um presente e deverá ser útil em vossas atividades. Esperamos que possam usá-lo com orgulho!”, acrescentou.

Por fim, o coordenador do curso, o médico Sérgio Bigolin, enfatizou o compromisso da instituição e do corpo docente em formar, além de grandes profissionais, grandes seres humanos. “Isso vai além da questão física. Significa olhar o paciente como um todo, saber cuidar das dores da alma. Bondade e generosidade são características fundamentais do profissional da área da saúde”, enalteceu.

O evento encerrou com a entrega dos jalecos aos 49 acadêmicos e coquetel de confraternização. A Unicred também agraciou os 18 professores do curso com a veste branca.

 

 

Comentários estão fechados.