Um terço dos eleitores de 22 municípios do RS ainda não fez recadastramento biométrico obrigatório

A duas semanas do fim do prazo, um terço dos eleitores de 22 municípios gaúchos ainda não fez o recadastramento biométrico obrigatório. A estimativa é do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), que acompanha a procura nos cartórios do Estado.

Até o dia 31 de janeiro, dos 1,1 milhão de eleitores que precisam atualizar o cadastro, cerca de 375 mil ainda não tinham comparecido à Justiça Eleitoral. O prazo se encerra no dia 11 de março. Quem não fizer a biometria terá o título de eleitor cancelado e não poderá votar no pleito de outubro.

Conforme o TRE-RS, 454 municípios gaúchos já concluíram o procedimento. Além das 22 cidades que terminam a biometria em março, ainda restarão 21  pendentes – esses têm prazo até 2022, incluindo Porto Alegre.

Até agora, Esteio é o município com menor índice de recadastramento. Apenas 35,9 mil eleitores já fizeram a biometria, o que equivale a 53% das pessoas aptas a votar – ainda restam mais de 31 mil.

Atualmente, a média de comparecimento é de 226 pessoas por dia. Para atingir 80% dos eleitores da cidade, 655 deveriam ir, por dia, à Justiça Eleitoral de Esteio até o fim do prazo.

Recadastramento obrigatório

Além de Esteio, precisam passar pelo recadastramento os eleitores de:

  • Camaquã
  • Canela
  • Canguçu
  • Capão da Canoa
  • Carazinho
  • Cruz Alta
  • Dom Pedrito
  • Erechim
  • Guaíba
  • Ijuí
  • Itaqui
  • Lajeado
  • Rosário do Sul
  • Santa Cruz do Sul
  • Santa Vitória do Palmar
  • Santiago
  • Santo Ângelo
  • São Borja
  • São Gabriel
  • Sapiranga
  • Torres

Segundo o TRE-RS, para o cadastramento é necessário apenas levar documento de identificação, preferencialmente com foto, e comprovante de residência. Homens também precisam levar o certificado de alistamento militar. Há inclusive a opção de agendar previamente o atendimento para fugir de filas.

Além de ter o título cancelado, o eleitor que não se regularizar também não poderá inscrever-se em concursos públicos, obter empréstimos em bancos estatais, tirar passaporte e demais documentos e matricular-se em escolas públicas. Servidores públicos, inclusive, deixam de receber salários.

Força-tarefa

A Justiça Eleitoral está com dois pontos extras para a realização da biometria: um é em Capão da Canoa, no Litoral Norte, que atende eleitores de qualquer município até o dia 11 de março. A força-tarefa fica na Biblioteca Pública da Câmara de Vereadores da cidade, de segunda a sexta, das 14h às 20h.

O outro ponto é em Porto Alegre, no centro administrativo do Complexo da Santa Casa de Misericórdia (Rua Professor Annes Dias, 295), que terá atendimento até esta sexta-feira (21), das 9h ao meio-dia e das 13h às 17h.

No Estado

Até o momento, 454 municípios já fizeram o recadastramento biométrico no Rio Grande do Sul. No final de 2019, o procedimento foi finalizado em 15 cidades.

Ao todo, 111.7256 eleitores tiveram seus títulos cancelados por não realizarem o cadastro. No entanto, até 6 de maio de 2020, esses cidadãos ainda podem comparecer em um cartório para regularizar a situação a tempo de votar. São eleitores de Dois Irmãos, Portão, São Luiz Gonzaga, Santo Antônio da Patrulha, Rio Pardo, Parobé, Estância Velha, Osório, São Lourenço do Sul, Farroupilha, Santa Rosa, Campo Bom, Montenegro, Iraí e Imbé.

Confira como está a situação nos 22 municípios*

Esteio

  • 53% com recadastramento
  • Dos 67.881 eleitores, 31.920 ainda precisam passar pela biometria

Rosário do Sul

  • 60% com recadastramento
  • Dos 32.081 eleitores, 12.756 ainda precisam passar pela biometria

Torres

  • 63% com recadastramento
  • Dos 29.837 eleitores, 10.971 ainda precisam passar pela biometria

Capão da Canoa

  • 65% com recadastramento
  • Dos 38.764 eleitores, 13.562 ainda precisam passar pela biometria

Camaquã

  • 63% com recadastramento
  • Dos 50.728 eleitores, 18.844 ainda precisam passar pela biometria

Guaíba

  • 61% com recadastramento
  • Dos 74.496 eleitores, 29.339 ainda precisam passar pela biometria

Itaqui

  • 62% com recadastramento
  • Dos 27.882 eleitores, 10.578 ainda precisam passar pela biometria

Santo Ângelo

  • 66% com recadastramento
  • Dos 61.193 eleitores, 20.875 ainda precisam passar pela biometria

Canela

  • 66% com recadastramento
  • Dos 32.543 eleitores, 11.047 ainda precisam passar pela biometria

Carazinho

  • 63% com recadastramento
  • Dos 47.117 eleitores, 17.240 ainda precisam passar pela biometria

Santa Vitória do Palmar

  • 70% com recadastramento
  • Dos 24.577 eleitores, 7.319 ainda precisam passar pela biometria

Lajeado

  • 68% com recadastramento
  • Dos 60.921 eleitores, 19.673 ainda precisam passar pela biometria

São Borja

  • 65% com recadastramento
  • Dos 48.504 eleitores, 16.921 ainda precisam passar pela biometria

Sapiranga

  • 68% com recadastramento
  • Dos 61.875 eleitores, 19.936 ainda precisam passar pela biometria

Santa Cruz do Sul

  • 68% com recadastramento
  • Dos 103.543 eleitores, 32.738 ainda precisam passar pela biometria

Cruz Alta

  • 64% com recadastramento
  • Dos 48.258 eleitores, 17.158 ainda precisam passar pela biometria

Dom Pedrito

  • 70% com recadastramento
  • Dos 30.026 eleitores, 9.045 ainda precisam passar pela biometria

São Gabriel

  • 65% com recadastramento
  • Dos 46.482 eleitores, 16.425 ainda precisam passar pela biometria

Canguçu

  • 67% com recadastramento
  • Dos 44.281 eleitores, 14.551 ainda precisam passar pela biometria

Ijuí

  • 74% com recadastramento
  • Dos 64.620 eleitores, 16.921 ainda precisam passar pela biometria

Erechim

  • 77% com recadastramento
  • Dos 79.275 eleitores, 18.490 ainda precisam passar pela biometria

Santiago

  • 78% com recadastramento
  • Dos 40.201 eleitores, 8.868 ainda precisam passar pela biometria

*Dados do TRE-RS até 31 de janeiro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais