No centenário da ACCIE será que teremos Frinape?

No ano do centenário da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim (ACCIE), uma das mais importantes instituições da cidade, há um projeto por parte da direção da entidade para realização de uma grandiosa Frinape. Contudo, o presidente Fábio Vendruscolo, em várias oportunidades tentou estabelecer uma conversa com o governo para viabilizar os recursos para realização da feira.

Segundo Vendruscolo o projeto foi entregue ao prefeito, mas até o momento, não obteve nenhuma resposta. Nesta semana conversei com o prefeito Schmidt sobre o assunto e fiquei com a impressão que o governo não dispõe de recursos para a realização da Frinape. “Não é uma questão de não querer colaborar e sim, fazer um estudo financeiro. Na semana passada, o presidente Bolsonaro aumentou o salário base do Magistério e o impacto financeiro é de aproximadamente R$ 8 milhões ano. Apesar de podermos remanejar até 20% do orçamento, neste momento não temos rubrica”, relatou.

O valor que a ACCIE solicita é de aproximadamente R$ 800 mil, bem menor que a última edição da feira. Neste cenário, a Frinape torna-se inviável em novembro deste ano.

Por Egidio Lazzarotto