Estação inicia ano letivo com formação de professores

A secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Turismo (SMECDT) de Estação, iniciou as atividades do ano letivo 2018 na quarta-feira (14), com a formação para os professores e monitores da rede municipal.

Os profissionais da educação foram recepcionados com música ao vivo, com a participação de Patrick Borgmann. Na seqüência se envolveram numa dinâmica sobre os sonhos na perspectiva de reinventar a educação no lugar onde vivemos e atuamos.

A abertura foi acompanhada pelo prefeito, Humildes de Almeida Camargo e da vice-prefeita, Maria Helena Tonin. Ambos, em seus discursos enfatizaram que é perceptível o empenho de todos em trabalhar para oferecer um ensino de qualidade.

A secretária Denise Maria Bordin Spadari, falou na oportunidade sobre os investimentos em contratações, esclareceu questões técnicas e práticas a respeito do funcionamento do trabalho na rede e motivou os profissionais. “Mais uma vez temos em mãos alunos da nossa cidade que aguardam por um ensino de qualidade, como sempre oferecemos. Conto com o empenho de todos e para qualquer necessidade, estamos à disposição com a nossa equipe gestora”, frisou. Seguindo, a secretária socializou as alterações de profissionais da rede, retomou o calendário escolar 2018, planejamento estratégico da SMECDT e escolas municipais. Após o intervalo a Assessora Pedagógica, Camila Comin Bortolini, falou sobre a Pesquisa Coletiva no Espaço Escolar – PCEE, avaliações e sugestões para as próximas práticas e também o que a SMECDT tem como proposta de formação para o decorrer do ano.

A profa. Caroline Tonin Cadorin apresentou os principais aspectos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), esclarecendo que é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da educação básica. A base curricular deve nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino, como também as propostas pedagógicas de todas as escolas de Educação Infantil, Fundamental e Médio, em todo o Brasil. Em sua explanação deixou claro aos presentes que a base estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. A BNCC determina que, ao longo da educação básica, os estudantes devem desenvolver dez competências gerais, tanto cognitivas quanto socioemocionais, que incluem o exercício da curiosidade intelectual, o uso das tecnologias digitais de comunicação e a valorização da diversidade dos indivíduos.

“É um momento que o município necessita de muita formação e os profissionais devem estar sabedores deste importante documento. Tanto gestores quanto professores devem se preparar para a implementação da Base. É um momento de discussão sobre um documento que será normativo e que nós não temos como fugir dele, então é um momento de parada, de reflexão e de estudo para execução deste sistema nas escolas.”

A professora também falou sobre o CAP – Centro de Apoio a Aprendizagem e o Projeto Educação Fiscal: Constituindo-se um cidadão!

Por fim, a secretária Municipal e a Assessora Pedagógica apresentaram alguns combinados/regras gerais para a Rede e desejaram um excelente ano letivo para todos, com muito compromisso, dedicação e responsabilidade.

Comentários estão fechados.