Brigada Militar celebra 183 anos com homenagem a militares e civis

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O governador Eduardo Leite participou, na manhã desta quarta-feira (18/11), da solenidade em comemoração aos 183 anos da Brigada Militar. Na cerimônia, ocorrida na Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre, foram entregues medalhas a militares e civis que contribuíram com o desenvolvimento da instituição. O comando da Brigada Militar destacou o esforço de oficiais e praças do quadro de saúde e operacional que se destacaram neste ano no enfrentamento à pandemia de coronavírus.

O governador Eduardo Leite inverteu o protocolo e começou sua fala homenageando também soldados que se feriram ou que perderam a vida no exercício da profissão. Foram lembrados os soldados Ben-hur de Oliveira Rodrigues, ferido em outubro de 2017, e Marcelo de Fraga Feijó e Rodrigo da Silva Seixas, mortos em junho de 2019 (veja abaixo).

“Homenageamos os 183 de história de uma instituição que é feita por pessoas. Pessoas que se dedicam e colocam sua vida em risco protegendo nossa sociedade. Por isso, são os primeiros a serem lembrados e a receber nosso agradecimento”, destacou o governador.

Há uma semana, no dia 11 de novembro, uma missa em Ação de Graças foi celebrada na Catedral Metropolitana, em Porto Alegre, em homenagem a outros três policiais militares que morreram em 2019 em cumprimento do dever: Marciele Renata dos Santos Alves, Liliane Silveira Quintana e Tiago da Costa Ramos.

50617869472 765a17027f k
“Homenageamos os 183 de história de uma instituição que é feita por pessoas”, disse Leite em pronunciamento – Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

Leite lembrou que, além de valorizar a história da instituição, o momento serve para reafirmar um compromisso do governo do Estado com a segurança pública. Mais 850 novos soldados estão concluindo o processo de formação para serem integrados ao policiamento ostensivo a partir de dezembro, em uma estratégia de reposição do efetivo.

“Também entregaremos, em dezembro, viaturas semiblindadas, as primeiras de uma nova política de investimentos na BM e na Polícia Civil para, assim, darmos mais segurança a quem faz segurança”, afirmou o governador.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, também focou o discurso nas pessoas. “Desejo vida longa à Brigada Militar, especialmente aos homens e mulheres que fazem a instituição. Não tenho dúvidas de que ainda comemoraremos por muitos anos o aniversário da nossa BM”, disse Ranolfo.

As esposas dos soldados Feijó e Seixas representaram os maridos no recebimento da homenagem
Também receberam honrarias Elisete (pelo sd. Marcelo Feijó) e Camila (sd. Rodrigo Seixas); os policiais foram mortos em serviço – Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

Para o comandante-geral, coronel Rodrigo Mohr Picon, o 18 de novembro é comemorado com muito orgulho por todos os brigadianos da ativa e da reserva, e a data demonstra a longevidade e importância da instituição para o povo gaúcho.

“Foi um ano realmente atípico, que necessitou todos os valores que a BM prega na sua formação e, sobretudo, a coragem dos policiais militares na ponta, que nunca deixaram de trabalhar e se empenhar pela população”, concluiu.

O comandante destacou ainda que os números históricos de redução da criminalidade são respostas do forte enfrentamento ao crime que a BM empenha, ao lado das vinculadas e de outros órgãos de segurança.

Homenagens aos soldados

18 11 2020 Solenidade em comemoração aos 183 anos da Brigada Militar 28

O trio homenageado recebeu a Estrela de Reconhecimento em grau Ouro, foi instituída em 1987 para distinguir policiais militares que, no exercício da atividade de policiamento, tenham sofrido ferimentos ou perdido a vida.

O soldado Ben-hur recebeu a honraria porque, ao servir ao 25° Batalhão de Polícia Militar, entrou em confronto com autores de um roubo de veículo e foi atingido. Ainda assim, feriu os criminosos e efetuou as prisões, recuperando todos os pertences da vítima e o veículo roubado. Também receberam as honrarias as viúvas Elisete (do soldado Marcelo Feijó) e Camila (do soldado Rodrigo Seixas).

Texto: Adriély Escouto/PM5
Edição: Patrícia Specht/Secom

Get real time updates directly on you device, subscribe now.