Credores aprovam a suspensão da Assembleia de recuperação judicial da Comil

A Comil Ônibus, emitiu nesta terça-feira (18), comunicado público:

No dia de 18 de setembro ocorreu mais uma etapa no processo de recuperação judicial da Comil Ônibus S.A. A maciça maioria dos credores presentes, 97,14%, aprovaram a suspensão da Assembleia Geral de Credores por 60 dias, para possibilitar a concretização das negociações com as Instituições Financeiras e colocar em votação o Plano de Recuperação Judicial.
No dia 31/08/2018, o Juiz, Dr. Julio Rossi, da 2ª Vara Cível de Erechim concedeu o pedido da empresa de antecipar os pagamentos dos créditos trabalhistas sujeitos ao processo de recuperação judicial, que já iniciaram no mês de setembro e continuarão a ser realizados mensalmente até a aprovação do Plano de Recuperação. Conforme a aprovação concedida, serão destinados R$ 800 mil por mês para estes credores.
Os credores se mostraram favoráveis à suspensão, vez que a Comil vem demonstrando desde o pedido de recuperação judicial, vendas crescentes, conquista de novos clientes e cumprimento de todas as suas obrigações, sejam elas com funcionários, fornecedores e clientes.
Neste ano de 2018 a produção da Comil aumentou mais de 38% em relação ao ano anterior, fazendo com que a Comil se consolide como a segunda maior fabricante de ônibus rodoviário no pais, que é sua principal linha produtos. Este seguimento apresentou o maior crescimento dentre as encarroçadoras, na ordem de 67% comparados ao mesmo período do ano passado. Essa demanda inclusive ampliou o quadro funcional da Companhia, levando a contratação de 93 novos funcionários até setembro deste ano.
Este aumento significativo na produção só foi possível pelo empenho de todos os funcionários, que a cada dia se dedicam mais para entregar um produto robusto, de excelente qualidade e que atendam na medida certa todas as expectativas dos clientes.

Atenciosamente,
A Diretoria

Comentários estão fechados.