Taça Brasil de Futsal: uma derrota frustrante, mas que não surpreende

A derrota do Atlântico para o Pato Futsal na decisão da Taça Brasil, tornou-se frustrante pelo contexto do torneio, e, principalmente por ser dentro de casa. Mas por outro lado, não surpreende pela queda de rendimento do time nos últimos dois meses. Não consegui identificar o que vem acontecendo nos bastidores do Caldeirão do Galo, porém, é fato que algumas coisas não estão no seu devido lugar. O time que faz uma campanha espetacular na Liga Nacional de Futsal, vem sucumbindo contra adversário frágeis tecnicamente. Não sei se o problema é no comando técnico, nos jogadores ou em ambos.

O time do Galo não vinha apresentando um bom desempenho dentro de quadra, nem mesmo nas vitórias. A queda de rendimento da equipe, e em especial de alguns jogadores experientes, deve ter uma explicação. O time parece desatendo durante boa parte dos jogos. Comete erros que até então não faziam parte deste grupo. O Galo passa a maior parte do tempo correndo atrás dos adversários e poucas vezes consegue se impor. A perda do título em casa para o Pato Futsal acentuou algo que todos nós, imprensa e torcedores, vínhamos deduzindo.

Cabreúva

O jogador Cabreúva deixou o Atlântico após o término da Taça Brasil de Futsal, como havia sido acordado com a direção do clube. O experiente ala irá jogar no futsal europeu, como a coluna havia antecipado algumas semanas atrás. O jogadores que já defendeu as cores da seleção brasileira inúmeras vezes, onde chegou a ser tratado como sucessor do craque Falcão, não deixará saudades no Caldeirão do Galo. Apesar de ter alguns lampejos do Cabreúva de outrora, na sua breve passagem pelo Atlântico, nunca conseguiu ser o protagonista que se imaginava.

 Liga Nacional

Neste sábado, 18 de agosto, às 19h, o Atlântico recebe o Tubarão, pela Liga Nacional de Futsal, no Caldeirão do Galo, em Erechim. A partida será a primeira do Galo diante do torcedor, após a Taça Brasil de Futsal. É jogo para vencer e se manter na parte de cima da tabela de classificação. Uma vitória manterá o Galo na vice-liderança do certame nacional. O time catarinense faz uma campanha irregular, onde ocupa a 14º colocação com 14 pontos ganhos. Em 7 jogos disputados fora de casa, o Tubarão não venceu nenhuma partida. Na próxima terça-feira, 21, às 20h15min, o Atlântico encara mais um catarinense pela Liga, desta vez o adversário será o Jaraguá Futsal, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul.

Liga Gaúcha

O empate com a Assoeva na última terça-feira (15), pela Liga Gaúcha de Futsal, manteve o Atlântico na quarta colocação com 28 pontos, 10 atrás da líder ACBF. É uma distância muito grande para duas equipes que se assemelham tecnicamente. A conta pelos tropeços que o Galo teve algumas rodadas atrás começa chegar através da tabela de classificação. O próximo compromisso do verde-rubro pelo estadual de futsal será quinta-feira, 23 de agosto, às 20h15, contra a AES Sobradinho, em Sobradinho.

Por Fabio Lazzarotto

Comentários estão fechados.