Quinto dia da novena de São Cristóvão ressalta compromisso do cristão leigo com a política

Pe. Alvise Follador, Pároco da Catedral São José, presidiu a missa da quinto dia da novena de São Cristóvão na noite desta terça-feira. Concelebrada pelo Pároco, Pe. Anderson Faenello, a missa foi animada pela comunidade Santo Antonio do Bairro Ariolli e pela Pastoral do Batismo. Uma vez que o enfoque do dia era “com São Cristóvão ser sal e luz na política”, a coordenação da novena fez convite especial aos membros do Poder Executivo e do Legislativo municipal. Atenderam ao convite o Prefeito Municipal, Luiz Francisco Schmidt, o Vice, Marcos Lando e os Vereadores Sérgio Alves Bento, Claudemir de Araújo, Sandra Regina Picoli e Eni Maria Scandolara.

Na homilia, Pe. Alvise destacou o compromisso dos cristãos leigos e leigas com a ação política. Como o evangelho da missa trazia a dura advertência de Cristo aos habitantes de algumas cidades em que estava anunciando o Evangelho que não acolheram sua mensagem, observou que o leigo e a leiga não envolvidos na política, também podem ser sujeitos da censura do Mestre por causa da sua indiferença. E por isso também podem ser excluídos do Reino de Deus. Citou o Papa Francisco, para quem “Envolver-se na política é uma obrigação para o cristão. Enquanto cristãos não podemos lavar as mãos, como Pilatos. Temos de nos meter na política, porque a política é uma das formas mais altas da caridade, pois procura o bem comum.”

Comentários estão fechados.