Histórias cruzadas: Piratuba 70 anos

Assim como Marcelino Ramos e Alto Bela Vista, Piratuba também teve sua história atrelada à construção da estrada de ferro, edificada em meados de 1910, com o objetivo de ligar o sul do país a São Paulo.

O município de Piratuba, um dos 11 municípios no entorno do reservatório da Usina Hidrelétrica Itá, do Consórcio Itá, completa no dia 18 de fevereiro 70 anos de emancipação política-administrativa. Assim como Marcelino Ramos e Alto Bela Vista, Piratuba também teve sua história atrelada à construção da estrada de ferro, edificada em meados de 1910, com o objetivo de ligar o sul do país a São Paulo. O início do vilarejo, surgiu junto ao progresso, quando trabalhadores da empresa Brasil Railway montaram um acampamento no local, surgindo assim a Vila do Rio do Peixe.

Com a finalização da obra, aos poucos a Vila foi crescendo com a chegada de imigrantes italianos e alemães, que passaram a trabalhar nas terras para o sustento familiar. Mas o principal potencial econômico do município começou a ser explorado na década de 70, quando após perfurações frustradas na tentativa de localizar petróleo foi descoberto as águas sulfurosas a 38,6 graus. Não demorou para então se fundar a companhia Hidromineral e a exploração turística ganhar força.

O município possui cerca de 4.786 habitantes (CENSO 2010), mas através do turismo forte e consolidado, e as cerca de 2.500 acomodações na área hoteleira, chega a uma população flutuante de mais de 7.000. Fator que coloca o turismo com a principal base econômica local.

Piratuba também se destaca pela qualidade de vida. De acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) o município situa-se na faixa de Desenvolvimento Humano Alto com a nota de 0,758 (2010), em uma variável de 0 e 1, sendo o 400º maior do Brasil e o 76º maior do estado. Os valores que mais contribuem para o IDH do município é a Longevidade, com índice de 0,829, seguida de Renda, com índice de 0,736, e de Educação, com índice de 0,714.

O município possui 100 propriedades rurais que tiveram suas histórias atreladas ao Consórcio Itá. Os locais sofreram interferência após a formação do reservatório da Usina Hidrelétrica Itá e, através do Programa Vizinhos do Lago, as famílias recebem acompanhamento socioambiental com o objetivo de promover um convívio consciente entre meio ambiente e as atividades rurais. Além disso, as escolas do município também estão no mapa das ações ambientais, sendo atendidas pela equipe de educadores ambientais do Centro de Divulgação Ambiental – CDA do Consórcio Itá.

Para o gerente do Consórcio Itá, Reginaldo de Oliveira, isso é um indicador para que o Consórcio se envolva no atendimento das demandas do município relacionadas à educação ambiental e projetos socioambientais e culturais, reforçando a participação do Consórcio Itá com o desenvolvimento do município.

Piratuba é também o 8º município entre os 11 lindeiros com maior área atingida pelo reservatório da UHE Itá, o que permitiu desde o início da operação um repasse histórico na marca de R$ 1.339.493,45 a título de Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH).

Comentários estão fechados.