Prisões por dano qualificado, resistência e desacato em Erechim

Por volta das 14h45 de domingo (16), a sala de operações da Brigada Militar recebeu informação de que dois indivíduos transitavam com uma motocicleta de cor preta no Bairro Progresso com arma de fogo. Uma guarnição da Brigada Militar efetuou averiguações no bairro e avistou dois indivíduos em uma motocicleta de cor preta , tentando efetuar sua abordagem. O condutor não obedeceu a ordem de parada emanada pelos policiais, iniciando um acompanhamento em diversas ruas até que foi possível sua abordagem na Rua Leão Vesoloski, Petit Vilage. Os dois indivíduos foram revistados e nada de irregular foi encontrado. Enquanto os policiais confeccionavam os documentos pertinentes à ocorrência, diversos parentes dos abordados começaram a chegar ao local, e começaram a desacatar os policiais. Em certo momento um dos parentes correu e desferiu um chute em uma porta da viatura policial, causando danos na lataria. Os policiais conseguiram efetuar a abordagem deste homem que resistiu, sendo necessário o uso moderado da força para conter e algemar o mesmo. Também foi detida a irmã de um dos abordados por desacato. Por fim o condutor da motocicleta e o caroneiro foram presos por desacato e colocados em uma viatura policial e seus dois parentes presos em outra viatura. No deslocamento até a Delegacia de Polícia os primeiros abordados quebraram com chutes os vidros traseiros da viatura policial. Na Delegacia de Polícia foram lavrados os autos de prisão em flagrante dos três indivíduos que danificaram o patrimônio público, sendo arbitrada fiança no valor de três mil reais para cada um dos três homens que danificaram a viatura policial. Dois homens de 19 e 29 anos de idade pagaram fiança e foram liberados. Outro envolvido de 18 anos de idade não pagou e foi conduzido ao Presídio Estadual de Erechim, onde permanece à disposição da justiça.

Comentários estão fechados.