Conhecidos os vencedores do Festival de Teatro Âmbito Estadual

Como diz o velho ditado, quem não foi perdeu, e quem esteve presente ganhou cultura e conhecimento suficiente para iniciar o ano de 2019 com a certeza que provou do gostou do que viu e ouviu nas 12 peças apresentadas durante o Festival de Teatro de Erechim Âmbito Regional que aconteceu no Centro Cultural 25 de Julho de 10 a 15 deste mês, numa promoção do município de Erechim, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo com o apoio do Instituto Estadual de Artes Cênicas, Fecomércio e SESC.

Entre os municípios que participaram, Rio Grande, Maximiliano de Almeida, Paim Filho, Santa Maria, Porto Alegre, Gravataí, Osório e Pelotas.

Finalizando os trabalhos que durante uma semana envolveu várias pessoas e levou um bom público ao Centro Cultural 25 de Julho, a tarde de sábado fechou o Festival com chave de ouro, momento em que houve a premiação com a entrega de troféus nas categorias infantil e adulto.

Nas manifestações, o presidente do IACEN Clovis Rocha lembrou que competiram, nesta oportunidade, os vencedores dos festivais de teatro do Rio Grande do Sul neste ano.

“Após dez anos a cidade de Erechim está de parabéns através desta ótima iniciativa realizada por esta administração nos seus 100 anos de emancipação. A cidade busca reconstruir o título de Capital da Cultura do RS, e é um grande prazer para o IACEN ser apoiador e parceiro, auxiliando na organização e apoio do Festival, desde a sua recriação a partir da Lei Municipal que o estabelece no calendário oficial, de poder auxiliar desde a criação até o regulamento, como a indicação de tão valoroso corpo de jurados e debatedores. Estamos agradecidos por fazer parte deste momento. Um pedido da comunidade artística do Estado que retorna, que é de vocês que tem o fazer teatral do interior”.

Usando da palavra, o prefeito Luiz Francisco Schmidt enalteceu os grupos que estiveram em Erechim e fizeram a magia do teatro, como da qualidade de cada artista e do corpo de jurados. “Muito obrigado por estarem em Erechim, participando desta edição que retoma os festivais de teatro em nosso município e nos coloca novamente no caminho das manifestações da cultura no Estado”.

Antes da premiação Antônio Carlos Brunet interpretou canções de espetáculos   teatrais”. O acompanhamento será feito pelo maestro Gleison Wojciekowski ao piano.

 

Os avaliadores dos espetáculos infantis deste Festival foram:

Aírton de Oliveira – ator, diretor e produtor

Camilo de Lélis – ator e diretor

Fabio de Castilhos – ator, diretor e professor

 

Os avaliadores dos espetáculos adultos deste Festival foram:

Antonio Carlos Brunet – ator e diretor

Cléber Lorenzoni – Ator e diretor

Vika Schabbach – atriz, dramaturga e professora

O mediador dos debates foi o diretor e ator Mauro Soares

Premiação:

Melhor maquiagem categoria infantil: Jardel Rocha e Jennifer Ribeiro, por “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor maquiagem categoria adulta: Aline Cotrin por “Norma”

Melhor trilha sonora infantil: Marlon Britto, Gabriele Tarouco e Guilherme Bagoso, por “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor trilha sonora adulta: O vencedor é Thalles Echeverry por “Norma”

Melhor cenário – categoria infantil: Marlon Britto “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”.

Melhor cenário – categoria adulta: Alexia Carla “Novas Diretrizes em Tempos de Paz”

Melhor Figurino Infantil: Jardel Rocha “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor Figurino Adulta: Alexia Carla “Novas Diretrizes em Tempos de Paz”

Melhor iluminação infantil: Marlon Bitto “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor iluminação adulta: Diego Carvalho “Norma”

Melhor texto original infantil: Thiago Silva “Junho: Uma Aventura Imaginária” (não houve premiação para a categoria adulto)

Melhor atriz coadjuvante infantil: Lívia Lempek “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá” e Rita Spier “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor atriz coadjuvante adulta: Brenda Seneme “Cartão Postal”

Melhor ator coadjuvante infantil: Roger Santos “Junho; Uma Aventura Imaginária”

Melhor ator coadjuvante adulto: Lucas Galho “Cartão Postal”

Melhor atriz categoria infantil: Débora Matiuzzi “Almavalente”

Melhor atriz categoria adulta: Izabelle Vignol “Norma”

Melhor ator categoria infantil: Jader Rocha “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor ator categoria adulta: Thales Echeverry “Norma”

Melhor Especial de júri Infantil: Grupo Teatral 19 de março e Prefeitura de Paim Filho”

Prêmio Especial Juri Adulto: Comissão avaliadora decidiu, por unanimidade, conceder o prêmio especial do júri, pela excelência do trabalho e qualidade da atuação conjunta as atrizes Helen Bohrer e Barbara Marmor de Novas Diretrizes em Tempos de Paz.

Melhor direção infantil: Marlon Brito “O gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor direção adulta: Thales Echeverry e Eduarda Bento “Norma”

Melhor espetáculo infantil: “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor espetáculo adulto: “Novas Diretrizes em tempos de paz”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais