Conhecidos os vencedores do Festival de Teatro Âmbito Estadual

Como diz o velho ditado, quem não foi perdeu, e quem esteve presente ganhou cultura e conhecimento suficiente para iniciar o ano de 2019 com a certeza que provou do gostou do que viu e ouviu nas 12 peças apresentadas durante o Festival de Teatro de Erechim Âmbito Regional que aconteceu no Centro Cultural 25 de Julho de 10 a 15 deste mês, numa promoção do município de Erechim, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo com o apoio do Instituto Estadual de Artes Cênicas, Fecomércio e SESC.

Entre os municípios que participaram, Rio Grande, Maximiliano de Almeida, Paim Filho, Santa Maria, Porto Alegre, Gravataí, Osório e Pelotas.

Finalizando os trabalhos que durante uma semana envolveu várias pessoas e levou um bom público ao Centro Cultural 25 de Julho, a tarde de sábado fechou o Festival com chave de ouro, momento em que houve a premiação com a entrega de troféus nas categorias infantil e adulto.

Nas manifestações, o presidente do IACEN Clovis Rocha lembrou que competiram, nesta oportunidade, os vencedores dos festivais de teatro do Rio Grande do Sul neste ano.

“Após dez anos a cidade de Erechim está de parabéns através desta ótima iniciativa realizada por esta administração nos seus 100 anos de emancipação. A cidade busca reconstruir o título de Capital da Cultura do RS, e é um grande prazer para o IACEN ser apoiador e parceiro, auxiliando na organização e apoio do Festival, desde a sua recriação a partir da Lei Municipal que o estabelece no calendário oficial, de poder auxiliar desde a criação até o regulamento, como a indicação de tão valoroso corpo de jurados e debatedores. Estamos agradecidos por fazer parte deste momento. Um pedido da comunidade artística do Estado que retorna, que é de vocês que tem o fazer teatral do interior”.

Usando da palavra, o prefeito Luiz Francisco Schmidt enalteceu os grupos que estiveram em Erechim e fizeram a magia do teatro, como da qualidade de cada artista e do corpo de jurados. “Muito obrigado por estarem em Erechim, participando desta edição que retoma os festivais de teatro em nosso município e nos coloca novamente no caminho das manifestações da cultura no Estado”.

Antes da premiação Antônio Carlos Brunet interpretou canções de espetáculos   teatrais”. O acompanhamento será feito pelo maestro Gleison Wojciekowski ao piano.

 

Os avaliadores dos espetáculos infantis deste Festival foram:

Aírton de Oliveira – ator, diretor e produtor

Camilo de Lélis – ator e diretor

Fabio de Castilhos – ator, diretor e professor

 

Os avaliadores dos espetáculos adultos deste Festival foram:

Antonio Carlos Brunet – ator e diretor

Cléber Lorenzoni – Ator e diretor

Vika Schabbach – atriz, dramaturga e professora

O mediador dos debates foi o diretor e ator Mauro Soares

Premiação:

Melhor maquiagem categoria infantil: Jardel Rocha e Jennifer Ribeiro, por “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor maquiagem categoria adulta: Aline Cotrin por “Norma”

Melhor trilha sonora infantil: Marlon Britto, Gabriele Tarouco e Guilherme Bagoso, por “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor trilha sonora adulta: O vencedor é Thalles Echeverry por “Norma”

Melhor cenário – categoria infantil: Marlon Britto “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”.

Melhor cenário – categoria adulta: Alexia Carla “Novas Diretrizes em Tempos de Paz”

Melhor Figurino Infantil: Jardel Rocha “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor Figurino Adulta: Alexia Carla “Novas Diretrizes em Tempos de Paz”

Melhor iluminação infantil: Marlon Bitto “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor iluminação adulta: Diego Carvalho “Norma”

Melhor texto original infantil: Thiago Silva “Junho: Uma Aventura Imaginária” (não houve premiação para a categoria adulto)

Melhor atriz coadjuvante infantil: Lívia Lempek “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá” e Rita Spier “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor atriz coadjuvante adulta: Brenda Seneme “Cartão Postal”

Melhor ator coadjuvante infantil: Roger Santos “Junho; Uma Aventura Imaginária”

Melhor ator coadjuvante adulto: Lucas Galho “Cartão Postal”

Melhor atriz categoria infantil: Débora Matiuzzi “Almavalente”

Melhor atriz categoria adulta: Izabelle Vignol “Norma”

Melhor ator categoria infantil: Jader Rocha “Junho: Uma Aventura Imaginária”

Melhor ator categoria adulta: Thales Echeverry “Norma”

Melhor Especial de júri Infantil: Grupo Teatral 19 de março e Prefeitura de Paim Filho”

Prêmio Especial Juri Adulto: Comissão avaliadora decidiu, por unanimidade, conceder o prêmio especial do júri, pela excelência do trabalho e qualidade da atuação conjunta as atrizes Helen Bohrer e Barbara Marmor de Novas Diretrizes em Tempos de Paz.

Melhor direção infantil: Marlon Brito “O gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor direção adulta: Thales Echeverry e Eduarda Bento “Norma”

Melhor espetáculo infantil: “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”

Melhor espetáculo adulto: “Novas Diretrizes em tempos de paz”.

Comentários estão fechados.