Grupo de Pais da UTI Neonatal do HC reforça laços de esperança, carinho e amor

A experiência de ter um bebê internado numa UTI Neonatal é invariavelmente delicada. Normalmente surge a partir da determinação de uma urgência médica e “fala” da ameaça à continuidade da vida.

As internações, que ocorrem em sua maioria logo após o parto, promovem o afastamento drástico do bebê e sua mãe.

Considerando este momento de apreensão vivenciado por pais e familiares durante a hospitalização na UTI Neonatal, o Hospital de Caridade oferece soluções que possam dar suporte psicológico, esclarecendo e orientando com relação a dúvidas, além de minimizar sentimentos de ansiedade e angústia, proporcionando cuidado e acolhimento.

Nesta perspectiva, surgiu o Grupo de Pais da UTI Neonatal do HC. Com a iniciativa, liderada pela psicóloga Carina Balvedi Leandro e pela enfermeira Gislaine Cardoso, uma série de atividades passaram a ser desenvolvidas.

Entre elas, a execução de tarefas, como as produzidas pelo casal Ronaldo José Rigon e Ana Paula Vasco, pais da Luiza – que, depois de mais de três semanas, na segunda-feira, 16, já está no alojamento, devendo ir para o quarto nos próximos dias, antes de ir para casa, em Paim Filho onde a família reside.

Para Ronaldo, que é médico veterinário, os momentos de incerteza foram minimizados graças ao trabalho e ao suporte oferecido pelas equipes do HC. Já Ana Paula, professora de Biologia, destacou o ambiente de acolhimento oferecido pelo hospital, especialmente, em relação ao Grupo de Pais. ‘A tarefa que nos foi proposta pelo Grupo de Pais – de fazermos uma lembrança para nossa filha – permitiu que colocássemos todo o amor e carinho que sentimos pela Luiza numa atividade que parece simples, mas que foi fundamental para nos dar força e estímulo”, resume a mãe.

Conforme a psicóloga Carina Balvedi Leandro, a tarefa dos pais constitui em criar/construir algo que represente este momento da vida, em que o bebê está na UTI Neonatal. A finalidade, explica, é o casal envolver-se na ação e através dela enfrentar a angústia/ansiedade do período, transformando aquilo em algo terapêutico.

 

Saiba mais sobre o Grupo de Pais

Principais objetivos do Grupo constituído em 2014 são:

– Esclarecer dúvidas de pais e/ou familiares a respeito das normas e rotinas da UTI Neonatal; procedimentos realizados e funcionamento da equipe;

– Aliviar angústia e ansiedade desencadeada pela internação do bebê através do apoio psicológico aos pais.

– Possibilitar um momento de troca de experiência entre os participantes;

– Efetuar intervenções educativas.

Caracterização do grupo: 

Aberto – com um número ilimitado de participantes.

Público Alvo: 

Pais de bebês internados na UTI Neonatal.

Frequência: 

Encontros semanais (todas as segundas-feiras pela manhã).

Local: 

Sala de Espera das UTI’s (neste momento de reforma, o grupo é realizado em sala na UID – em frente ao posto de enfermagem).

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais