AMAU repassa recursos ao Hospital Santa Terezinha

O valor é do fundo de reservas de enfrentamento ao Coronavírus

A Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU), através do Fundo de Reserva de Enfrentamento ao Coronavírus, repassou o montante de R$ 69.825,00, para a Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim (FHSTE).

O fundo de reserva foi constituído com recursos repassados pelo Poder Judiciário da região e tem como finalidade subsidiar ações estratégicas de enfrentamento ao COVID 19, na área de abrangência da AMAU.

O Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus, no âmbito da AMAU, constituído por secretários de Saúde e representantes de entidades da saúde e outras, emitiu mais de 50 orientações aos municípios e Secretarias de Saúde, no sentido de minimizar a transmissão do vírus através da prevenção e das ações preconizadas pelas autoridades de saúde, como Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde.

Um dos assuntos debatidos nas reuniões semanais e que preocupa os gestores da área foi à escassez dos equipamentos de proteção individual (EPI), tendo em vista que são utensílios necessários e indispensáveis para o enfrentamento da pandemia. “Atualmente há uma carência expressiva de máscaras, aventais e outros equipamentos de proteção, bem como seus preços sofreram uma indexação significativa”, pontua Jackson Arpini, membro do comitê.

 Nesse sentido foi analisado o repasse desse valor ao hospital regional e referência para o Sistema Único de Saúde e para casos de COVID – 19, considerando que os estoques estão críticos, o que pode comprometer a assistência. O valor repassado será utilizado para confecção de 75 mil máscaras cirúrgicas e 12.650 aventais em material indicado e apropriado para essa finalidade e irá suprir a carência dos Hospitais. A produção a nível local, além de regularizar os estoques, possibilitará um enorme economia, considerando que os valores praticados no mercado apontam um crescimento absurdo.

O presidente da AMAU e prefeito de Ipiranga do Sul, Mário Ceron, enaltece a iniciativa do Poder Judiciário que possibilitou, a partir dos repasses das Comarcas, a constituição do fundo de reserva. O repasse ao hospital de referência contou com a anuência da associação e vem ao encontro das necessidades atuais dos serviços de saúde. “Precisamos estar irmanados nesse momento para que as ações sejam efetivas, eficazes e eficientes. O cenário é preocupante e a união de esforços se mostra relevante nesse período em que atravessamos uma pandemia”, argumenta o presidente da AMAU, Mário.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais