Sessão Solene presta homenagem à primeira rainha regional da terceira idade de Cruzaltense

 

O plenário da Câmara de Vereadores de Cruzaltense  ficou lotado na última segunda- feira (15) quando os vereadores, integrantes do Poder Executivo, integrantes do Grupo da Terceira Idade e moradores da cidade se reuniram para a Sessão Solene em homenagem à Oracilva Treza Pagliarini, primeira mulher a representar o município como Rainha Regional da Terceira Idade. A homenagem é tradicional e acontece todos os anos por ocasião do aniversário do município. A iniciativa de homenagear dona Oracilva quando o município completa 19 anos de emancipação, se deve à sua participação ativa na comunidade.  Dona Terezinha, como é conhecida, nasceu no dia 11 de março de 1943, é natural de Não-Me-Toque/RS, filha de Augusto Schwalbert e Ana Medoura Schwalbert.  É moradora de Cruzaltense desde os 17 anos quando se casou com Balduino Paulo Paliarini e em seguida mudou-se para o distrito Vera Cruz, atualmente Cruzaltense. Após cinco anos mudaram-se para a comunidade da Linha Nossa senhora de Lourdes, onde permaneceram por mais dois anos.

Depois de algum tempo passaram a residir na Linha Progresso, sendo sócios fundadores da capela Nossa Senhora do Caravaggio, pioneiros na emancipação do Município de Cruzaltense, realizando serviços comunitários e participando do grupo das mulheres camponesas, em companhia da Dona Carlinda Farina, para exigir o direito à aposentadoria. Oracilva realiza serviços de pastoral, é zeladora da capelinha, sócia do apostolado da oração, rosário perpétuo, coordenadora de grupos de família e fundadora do clube de mães “Por-do-Sol” em sua comunidade e fundadora do grupo da terceira idade “Conviver Amizade” desde que o grupo ainda pertencia ao Município de Campinas do Sul.

Em 06 de maio de 2017 foi coroada como Rainha da Terceira Idade do município e em seguida, aos 74 anos, eleita Rainha Regional no concurso realizado em Jacutinga, que contou com 24 candidatas, representando os municípios da região da AMAU e que teve a presença de mais de 800 pessoas “Destacamos a importância dos idosos para a construção de uma sociedade através das suas experiências, superando as frustrações que por ventura ocorreram e que lhes serviram de lição, hoje servindo de base para construir nossa sociedade. Quando se pensa no futuro, temos de valorizar quem construiu a sociedade em que vivemos. Por isso, temos o compromisso de valorizar as pessoas da terceira idade e, acima de tudo, é uma oportunidade de se conhecer os resultados de suas conquistas e suas riquíssimas histórias”, destacou o protocolo da Sessão.

Nos pronunciamentos, os vereadores elogiaram a forma como dona Oracilva representou o município e a importância do seu trabalho junto à família e à comunidade. O prefeito, Kely José Longo, destacou que “dona Oracilva é um exemplo de que estamos colhendo os frutos do bem que plantamos nesta terra”, citando, também, que o título de Rainha Regional da Terceira Idade foi possível graças à formação e existência do Grupo da Terceira Idade. “São pessoas que plantam raízes, que nos mostram que temos o dever de honrar o lugar em que moramos e que Cruzaltense é digno das suas conquistas”, disse.

Dona Oracilva recebeu flores e uma placa, entregues pelo presidente da Câmara, Ari de Pauli, e no seu pronunciamento recordou a luta pela emancipação, da qual a sua família fez parte, agradeceu pelo apoio aos idosos do município e pela homenagem.

A sessão solene faz parte da programação dos 19 anos de emancipação de Cruzaltense. O primeiro dia de eventos foi encerrado com um jantar no Salão da Capela Santo Antônio.  No feriado do dia do município, 16 de abril, as escolas apresentaram uma hora cívica, acompanhada pelos pais e moradores e a população teve oportunidade de participar de um culto ecumênico em ação de graças pelo aniversário do município.

Comentários estão fechados.