Artilheiro, Café brinca com bom momento e comenta decisões da LNF e Liga Gaúcha

Começaram os playoffs da Liga Nacional e o Atlântico, de Erechim, derrotou, fora de casa, a Assoeva, por 4×3. No próximo dia 23, tem o jogo de volta. O ala Café marcou mais uma vez no torneio, chegando a 16, vice artilheiro da competição. O jogador falou sobre a fase artilheira.
“Estou pegando gosto pra marcar (risos). Já superei os gols de 2016 e 17, numa edição só. Só que o Keké não deixa espaço, ele é o capitão tem que dar moral. Brincadeiras a parte, torço muito por ele também, é meu irmão, um excelente cara e não deixamos de tocar um para o outro e isso é legal. Nosso foco são as vitórias do Atlântico sempre”, comentou.
Café marcou oito gols em 2016, na Liga Nacional e 4, no ano seguinte. O Atlântico tem novo desafio nesta quarta, 17. Equipe enfrenta a ASIF, pelo primeiro jogo das quartas de final da Liga Gaúcha.
“Vamos fortes nas duas frentes. Liga Gaúcha e Liga Nacional. Temos a vantagem do primeiro jogo sobre a Assoeva, mas não tem nada ganho, então temos que ter a mesma seriedade e encarar como se fosse uma final. É um jogo decisivo atrás do outro e não podemos bobear”, completou.
Jogo de volta da Liga Nacional, no Caldeirão do Galo marcado para o dia 23 e no dia 26, a volta na Liga Gaúcha.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais