Festival de dança de Erechim oportunizará grande leque de categorias

O Festival de Dança de Erechim, que acontece de 29 de setembro a 03 de outubro deste ano terá um grande leque de categorias e diversidades para quem for ao Centro Cultural 25 de Julho para viver a magia da arte através do movimento.

A realização do mesmo é do município de Erechim, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, com o apoio do Instituto Estadual de Artes Cênicas e a Associação Gaúcha de Dança.

Entre as categorias estão a Solo, Duo, Trio e Grupo (4 pessoas ou mais). Nos gêneros estão o Ballet Clássico de Repertório (tem que ser apresentado na ponta, obrigatoriamente nas categorias a partir de Infanto-Juvenil), Grupo -corpo de baile (os participantes poderão escolher livremente dentre os bailes de repertório), Neoclássico e Clássico Livre (coreografias autorais, criadas pelas escolas, professores e seus coreógrafos, utilizando técnica do balé clássico, com ou sem uso de pontas, que possa ou não apresentar influências ou fusões com outros gêneros).

Técnicas Contemporâneas de Dança (coreografias autorais criadas pelas escolas, professores e seus coreógrafos que adotem os conceitos da pós-modernidade e trabalhando com pesquisa de movimentos, incluindo a dança-teatro. Podem ser inscritos neste gênero trabalhos autorais de Dança Moderna, a exemplo de Graham, Cunningham, limón), Danças Urbanas (coreografias autorais criados pelas escolas, professores e seus coreógrafos, que sigam as diferentes linhas e estilos como o hip hop, freestyle, popping, locking, funk, break), Danças Étnicas (danças folclóricas e étnicas), Danças Árabes (dança-do-ventre em todos os seus estilos), Folclore de Projeção (danças regionais e danças populares com base no folclore. Incluem-se danças gaúchas, nordestinas, ligadas a ritmos típicos de suas regiões, tanto do Brasil, quanto de outros países), Danças de Salão (dançadas, necessariamente, aos pares, evidenciando uso da técnica de condução de movimentos. Incluem-se valsa, tango, bolero, forró, samba de gafieira e funkeado, salsa, bachata, zouk, westcoast, entre outros), Jazz (coreografias autorais criadas pelas escolas, professores e seus coreógrafos de todas as linhas do gênero, a exemplo do lyrical, modern, Broadway) e Estilo Livre (coreografias autorais criadas pelas escolas, professores e seus coreógrafos que não se enquadrem nos outros gêneros por apresentar fusões de técnicas).

No concurso, os tempos das coreografias de ballet clássico de repertório será o da obra original. Para as coreografias de grupo o limite de tempo é de 8 minutos com tolerância. O tempo constante nas tabelas é o tempo que poderá ser utilizado, com uma tolerância máxima de 15 segundos. O tempo mínimo é de 1 minuto e 30 segundos. As coreografias que ultrapassarem os limites estabelecidos serão desclassificadas.

Inscrições abertas de 20 de agosto a 11 de setembro, que deverão ser encaminhadas para o endereço smcet-cultura@erechim.rs.gov.br com cópia para festivaldedancaerechim@gmail.com

Comentários estão fechados.