Secretaria de Saúde amplia os serviços médicos

A Secretaria Municipal de Saúde realizou processo seletivo para contratação por tempo determinado (Edital nº 064/2018) de mais quatro (4) médicos que passam a atuar nas unidades básicas de saúde (UBS 12).

Entre clínicos gerais, pediatras, ginecologistas e especialistas das áreas de infectologia, medicina do trabalho, ortopedistas, pneumologistas e cirurgiões gerais a SMS possui hoje 62 médicos no seu quadro de servidores. Esses profissionais que atuam da Rede Municipal de Atenção à Saúde, em sua maioria concursados, mantém uma carga horária de 12, 20 e 40 horas semanais, dependendo da área de atuação.

Com a contratação emergencial, devidamente aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores, esse quantitativo ascende para 66 profissionais, que passam a exercer suas atividades nas UBSs e na Central de Especialidades da SMS.

Nesta manhã (16) os novos médicos foram acolhidos pelo secretário de Saúde, Jackson Arpini, e receberam um treinamento sobre o programa de informatização da rede e prontuário eletrônico (GEMUS), pelos técnicos do Setor.

A intenção da municipalidade é aumentar o número de horas médicas a população usuária do sistema público de saúde, considerando que no período de inverno e frio intenso há um aumento na demanda. Outro fator considerado é o de que muitas pessoas estão migrando do sistema privado para o público (SUS), bem como, para atuar na retaguarda dos profissionais que estão em férias no intuito de não prejudicar o fluxo dos trabalhos.

Os indicadores da SMS (Relatório de Gestão) apontam que em 2017 foram realizados mais 108.980 mil atendimentos, quando comparado ao ano anterior de 2016, o que comprova a tese do aumento significativo na demanda do sistema público, fato já evidenciado pelos fóruns de saúde que debatem o SUS.

A Atenção Básica está sendo fortalecida através da contratação de mais profissionais, entre eles médicos, aquisição de mais medicamentos, consultas especializadas e exames de diagnose, para fazer frente a demanda de usuários que procuram a rede pública de saúde.

“O aumento dos quantitativos em todas as áreas visa melhorar o acesso, qualificar os serviços e aumentar a resolutividade, sem perder de vista a capacidade orçamentária da pasta, que em 2017 aplicou 22,73%, bem acima do preconizado de 15%”, argumenta o Secretário Municipal de Saúde.

Novas contratações estão previstas nas especialidades de pediatria e ginecologia.

 

Comentários estão fechados.