Diplomados de Farmácia da URI realizam encontro de 10 anos de formatura

       Realizar encontros periódicos depois das formaturas têm sido uma forma de voltar a se encontrar e reviver os momentos da graduação. Por esta razão, a turma 2004 do Curso de Farmácia da URI promoveu um encontro no dia 23 de março para marcar os 10 de formatura, ocorrida no dia 09 de janeiro de 2009.

        Esta foi a primeira turma do Curso a realizar um encontro com este objetivo. Segundo os organizadores, não foi possível reunir todos os 40 diplomados, mas 20 deles estavam presentes, juntamente com a professora Marisa Romani.

        No encontro, foi possível descobrir que a grande maioria dos ex-colegas está atuando na área, principalmente em drogaria, sendo que alguns deles são donos de suas farmácias. Outros também seguiram a área de análises clínicas ou atuam em distribuidoras de medicamentos e farmácias vinculadas a prefeituras. Mas também há casos em que os diplomados decidiram seguir a docência universitária.

        O sentimento compartilhado por todos foi de felicidade e emoção em poder rever os colegas, inclusive porque o último contato com alguns havia sido exatamente no dia da formatura. Uma das sugestões do encontro foi a de que haja uma reunião dos colegas a cada cinco anos e não a cada 10 anos, como foi o caso.

        Ana Carolina Rockenbach Bidel, uma das diplomadas, disse, durante o encontro: “A URI Erechim, através da minha formação em Farmácia, me proporcionou uma excelente qualificação, bem como a confiança e a oportunidade para que eu, como profissional, estivesse inserida com competência no mercado de trabalho. Agradeço imensamente aos professores que com sua dedicação e conhecimentos nos acompanharam durante a nossa formação acadêmica. Foi uma honra e sinto orgulho de ter feito parte desta Universidade que é reconhecida pela qualidade do seu ensino”, concluiu

        Renata Dassoler, outra integrante da turma, afirmou: “A graduação abriu caminhos para meu futuro. Sem ela, não estaria trabalhando na área de medicamentos, prática essa que sempre tive interesse”.

Comentários estão fechados.