Palestra na ACCIE chama a atenção para a importância do saneamento para a saúde, meio ambiente e qualidade de vida

Gesner Oliveira palestrou dentro do Programa Atitude Ativa

Presidente da ACCIE, Fábio Vendruscolo

Uma palestra que tinha como título “Saneamento no Brasil e a concessão de serviços de água e esgoto em Erechim” chamou a atenção para a importância do saneamento básico para a saúde, o meio ambiente, o bem-estar das pessoas e para a qualidade de vida. O palestrante foi Gesner Oliveira, que falou na ACCIE, na noite desta quinta-feira, 15 de março. O evento contou com a presença de autoridades, entre elas o prefeito Luiz Francisco Schmidt, e o presidente do Poder Legislativo, Rafael Ayub. A abertura foi feita pelo presidente da ACCIE, Fábio Vendruscolo, que deu as boas-vindas a todos e falou um pouco de sua ida à Federasul, no dia anterior, 14 de março.

Segundo o palestrante, infelizmente no Brasil o saneamento, que é um dos segmentos de infraestrutura mais importantes para o bem-estar, é um setor muito atrasado, se comparado com outros países com o mesmo nível de renda e desenvolvimento. Para ele, no Rio grande do Sul e em Erechim está em descompasso com o desenvolvimento da região.  Embora seja um estado e uma cidade com o IDH muito elevado, comparativamente com o Brasil, o saneamento não é muito avançado, há muitas lacunas. “Tanto no estado, quanto em Erechim, existe um descompasso entre o índice de desenvolvimento urbano avançado e um saneamento atrasado”, reforçou Gesner Oliveira.

Em seguida, o palestrante falou sobre as perspectivas do futuro e como enfrentar esses desafios e também como as parcerias com o setor privado podem ser úteis para avançar na infraestrutura em geral e no saneamento em particular. “A concessão, que é uma modalidade de parceria muito interessante, é uma forma que pode permitir que o setor privado invista e forneça o serviço, e o poder concedente continue sendo o titular do serviço”, informou.

De acordo com Gesner Oliveira, há algumas vantagens importantes no caso de Erechim. Estabelecimento de metas claras, com transparência, um regulador que pode verificar o cumprimento das metas, a regulação externa independente. Para ele, isso permite avançar muito, prover melhor o serviço e, sobretudo, ter metas agressivas, metas de melhoria de qualidade, de aumento da coleta e de aumento do tratamento.

Comentários estão fechados.