Um Distrito Industrial abandonado

I

A implantação do Distrito Industrial de Erechim iniciou a mais de 35 anos e até os dias de hoje é um dos nossos orgulhos na área econômica da cidade, porém, ainda não teve suas obras concluídas e nos últimos anos anda um tanto quanto abandonado pelo município, órgãos de segurança e operadoras de comunicação. São ruas sujas, meios fios destruídos, fios de telefonia e de internet caídos sobre os canteiros e nas noites e finais de semana, virou terra de ninguém.

Carros com som alto perturbam os bairros próximos, bebedeiras, drogas e prostituição. Tudo acontece sem que os órgãos de segurança e fiscalização tomem qualquer medida mais intensa para coibir esta baderna toda. A população que circula pelo local fica insegura e já nem entra mais em contato com os órgãos de segurança, porque nem sempre tem viatura disponível devido à falta de efetivo que acomete a região.

E ainda tem aqueles que utilizam o local para fazer sua tradicional caminhada de fim de semana e correm sério risco de se cortar devido a tantos cacos de vidros espalhados pelos passeios e ruas.

 

II

Em muitas ruas o asfalto está deteriorado. Acredito que desde sua implantação, não aconteceu nenhuma recuperação da malha, e muitas destas vias só têm asfalto numa das pistas, na outra os carros circulam por chão batido. Algumas ruas até hoje não receberam pavimentação e em outras o mato está tomando conta. Sem contar que parte da galeria por onde passa um riacho, está desmoronando.

Também há muitas lâmpadas da iluminação pública queimadas, há longo tempo. Um dos exemplos é na Rua João Caruso, por onde circula muita gente durante a madrugada, indo para o trabalho, ou durante a noite, voltando das escolas. E existem diversos locais onde os proprietários dos terrenos não providenciam os passeios públicos, obrigando pedestres a caminhar próximo ao intenso movimento de veículos.

Já na baixada da Rua Alberto Parenti, quando chove, parte da pista acaba alagada e os motoristas precisam andar pela contramão ou esperar até que a água baixe.

Como se vê, são muitas coisas que precisam ser revistas para que possamos revitalizar o nosso Distrito Industrial. O abandono acontece há muitos anos, sendo que a última grande obra que ocorreu por ali foi no primeiro ano da administração Polis, com o asfaltamento da Rua Alberto Parenti. No último ano do mesmo governo foram concluídas as obras do Polo Multiempresarial.

Recentemente o secretário Barp afirmou à reportagem do Jornal Boa Vista que “está na hora de parar com essa história de fazer de conta que está tudo certo no nosso Distrito Industrial. Até hoje não foram concluídas as obras da primeira etapa, por isso, nós estamos buscando parcerias para colocar infraestrutura no Distrito David Zorzi”.

 

Por Egidio Lzzarotto

Comentários estão fechados.