Já classificado na LNF, Atlântico fecha série em SC com derrota

A Liga Nacional de Futsal (LNF), está chegando ao final de sua primeira fase. Para o Atlântico, por exemplo, restam apenas dois jogos pelo Grupo. Na noite desta quarta, dia 14, o Galo fez o primeiro dos três últimos confrontos que tem nesta fase. Sofreu diante do Joinville, sua segunda derrota nesta parte da competição.

O placar de 1 a 0 para os catarinenses, não altera porém, a situação do Galo que já está garantido na próxima fase da LNF. Mesmo perdendo, o Atlântico mostrou grande volume de jogo, especialmente na parte final da partida em SC, onde criou várias oportunidades para buscar o empate.

Com isso também, o Galo fecha a sua série de duas partidas em SC, iniciada na segunda-feira, 12, com empate diante do Blumenau. A delegação chega em Erechim nesta quinta, quando iniciará a preparação para mais uma partida pela LNF. No domingo, dia 18, a equipe recebe a ACBF no Caldeirão do Galo, na partida que começa às 11h15 e terá transmissão pela TV Brasil. Depois, a equipe erechinense terá apenas mais um jogo para fechar esta primeira fase da LNF, diante do Marreco, no dia 31, no PR.

50483034058_24633ca756_o

O jogo

Atlântico e Joinville começaram o jogo de olho na liderança da Liga. Quem vencesse, assumira a ponta da tabela no grupo B. E as chances foram surgindo. A 4min04, Barbosinha teve boa chance pela direita de ataque, mas William defendeu.

Um minuto mais tarde, foi a vez do Joinville ter boa finalização de Xuxa, de fora da área, em que Jackson saltou defendendo. A 5min36, na cobrança de escanteio, a bola foi até Dieguinho, na direita e este definiu a jogada fazendo 1 a 0 para os donos da casa.

50483744526_9c9e861aed_o

A 11min, outra boa chance do Galo. Desta vez Sinésio recebeu na entrada da área e finalizou, porém, a bola foi para fora. Mais tarde, a 17min34, Cléber tentou o passe para Dill, junto ao segundo poste, mas William se antecipou evitando o gol de empate do Galo.

Já na etapa final, Genaro acertou lindo chute, para defesa mais linda ainda de Jackson, aos 3min. A 9min34, boa oportunidade para o Atlântico. Cléber recebeu a cobrança de lateral e chutou para defesa de William, na sobra, a defesa tirou a chance de Dill fazer o gol.

A 11min36, Cléber toca para Barbosinha que finaliza na rede, pelo lado de fora.

Nos minutos finais, o Atlântico foi para o “abafa” no ataque e com goleiro linha colocou a equipe catarinense na defensiva. Porém, o tão esperado gol acabou não vindo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais