Estado sobe sete posições no Ensino Médio e alcança sua melhor nota na série histórica em ranking do Ideb

Ensino Médio salta da 15ª para a 8ª posição, e estudantes chegam ao terceiro lugar na média das provas de Português e Matemática

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta terça-feira (15/9), mostra que os alunos da rede estadual do Rio Grande do Sul apresentaram crescimento do nível de aprendizagem em todas as etapas de ensino na comparação com a amostragem de 2017.

Em 2019, no Ensino Médio, os alunos da rede estadual subiram sete posições em relação a 2017, saindo da 15ª para 8ª colocação no ranking entre as 27 unidades federativas do país. A nota, que era de 3,4, subiu para 4, registrando o maior resultado já alcançado pelo Estado.

Nos anos iniciais do Ensino Fundamental, no mesmo período, a nota aumentou de 5,7 para 5,8, subindo da 14ª para 11ª colocação. Nos anos finais do Ensino Fundamental, a nota subiu de 4,3 para 4,4, com a manutenção do 16º posto.

No índice de proficiência, formado pela média das notas das provas de Língua Portuguesa e de Matemática, a rede estadual alcançou a terceira maior nota do país nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. As avaliações foram aplicadas entre 21 de outubro e 1º de novembro de 2019. Participaram do processo 224 mil alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio.

Liderança no Enem

A melhoria na aprendizagem dos estudantes das escolas públicas do Estado vem apresentando resultados importantes nos mais diversos quesitos. Em julho, de acordo com informações divulgadas pelo portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a rede estadual alcançou o primeiro lugar no ranking do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No comparativo com as redes estaduais das 27 unidades federativas, pela primeira vez na história os alunos gaúchos obtiveram, em 2019, o melhor nível de proficiência em Redação e Prova Objetiva. As notas foram de 569,88 e 491,7, respectivamente.

Em março, conforme dados do Censo Escolar, o Rio Grande do Sul reduziu a taxa de distorção idade-série do Ensino Médio nas escolas estaduais em 4,7 pontos percentuais em relação ao ano passado. É a segunda maior queda entre as 27 unidades federativas, atrás somente do Paraná. Em 2018, o índice era de 38,1%. Em 2019, o percentual diminuiu para 33,4%.

Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, do Ministério da Educação, para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação, indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar. Ou seja, na progressão dos estudantes entre etapas/anos na educação básica.

Texto: Ascom Seduc
Edição: Secom

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais