Cães trazem alegria e descontração na conclusão de estágio em Fisioterapia da URI

O último de dia de estágio curricular em Reabilitação Cardiopulmonar, do Curso de Fisioterapia da URI, foi marcado pela presença dos cães do Projeto Super Patas, de Erechim. A atividade foi proporcionada pelos acadêmicos em parceria com esta organização e proporcionou um momento de alegria e descontração para os pacientes que frequentam o programa de reabilitação pulmonar, cardiovascular e renal.

A atividade contou com a presença dos tutores dos animais e da fisioterapeuta Caroline Lavratti, a qual disponibilizou a visita do projeto para um momento de descontração dos pacientes. Foi uma oportunidade de levar um pouco de amor, ternura e aconchego às pessoas assistidas semanalmente pela fisioterapia da universidade.

O contato com animais pode trazer muitos benefícios e quebrar barreiras que, muitas vezes, o profissional da saúde tem com o paciente. Foi possível perceber a alegria e o prazer das pessoas naqueles poucos minutos de atividade que estiveram juntos aos cães terapeutas.

Além dessas visitas, explica a fisioterapeuta Caroline, o Grupo Super Patas atende em outros locais como o CAOL, Aquarela (autistas), COC, ADEVE e Centro Hospitalar Santa Mônica, de forma quinzenal, e também faz atendimentos individualizados para reabilitação na Clínica Sculptor com sessões semanais.

De acordo com a professora Ana Lucia Morsch e o preceptor de estágio Diogo Tápia (supervisores do estágio curricular), os alunos são sempre estimulados e desafiados a encerrar o estágio com dinâmicas motivadoras, prazerosas, que aumentem o nível de atividade física e que possa ser extrapolado para a vida diária de cada paciente.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais