Ensinamentos da Copa da Rússia

Se taticamente os ensinamentos deixados pelas seleções na Copa do Mundo da Rússia foram poucos, a mesma nos fez refletir sobre coisas simples, que muitas vezes são deixadas de lado em um planejamento, mesmo que este seja bem feito.

A seleção brasileira é o maior de todos os exemplos. Alguém tem alguma dúvida que o planejamento realizado pela comissão técnica foi bem feito? O resultado não veio, mas o planejamento foi bem feito por Tite, Edu Gaspar e seus respectivos pares. Podemos discutir alguns jogadores, mas não ao ponto de dizer que fomos eliminados por isso. É possível divergir de algumas escolhas de Tite, como por exemplo, Gabriel Jesus em vez de Firmino, mas esquecemos de lembrar que o planejamento precisa ser feito jogo a jogo.

O futebol atual não nos permite pensar no futuro sem dar a devida atenção para o presente. O futebol mudou, mas as coisas simples dele se mantêm.

Por Fabio Lazzarotto

 

Comentários estão fechados.