Ensinamentos da Copa da Rússia

Se taticamente os ensinamentos deixados pelas seleções na Copa do Mundo da Rússia foram poucos, a mesma nos fez refletir sobre coisas simples, que muitas vezes são deixadas de lado em um planejamento, mesmo que este seja bem feito.

A seleção brasileira é o maior de todos os exemplos. Alguém tem alguma dúvida que o planejamento realizado pela comissão técnica foi bem feito? O resultado não veio, mas o planejamento foi bem feito por Tite, Edu Gaspar e seus respectivos pares. Podemos discutir alguns jogadores, mas não ao ponto de dizer que fomos eliminados por isso. É possível divergir de algumas escolhas de Tite, como por exemplo, Gabriel Jesus em vez de Firmino, mas esquecemos de lembrar que o planejamento precisa ser feito jogo a jogo.

O futebol atual não nos permite pensar no futuro sem dar a devida atenção para o presente. O futebol mudou, mas as coisas simples dele se mantêm.

Por Fabio Lazzarotto

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais