Produtores de Sertão têm apoio da Emater para comercializar produtos

Alguns agricultores do município de Sertão buscaram ajuda no Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar para comercializar os produtos excedentes nas propriedades. Os agricultores conversaram com a extensionista rural social, Irene Gobbo. Diante da situação exposta, ela passou a divulgar junto aos contatos e grupos de whatsApp a disponibilidade de produtos para venda de produtos, como mandioca, batata-doce, amendoim, feijão, moranga, morango, saladas diversas, temperos verdes e pães. Também estão sendo comercializados panificados da Agroindústria As Delicias do Campo: pães, bolachas, cucas, massas e outros.

Já que os idosos têm restrição de ir ao mercado, eles fazem a encomenda para a extensionista, que repassa os pedidos para as agricultoras e agenda o dia para entregas (locais, faz mapas e, se precisar, orienta sobre os endereços). As entregas são feitas três vezes por semana e os produtos, entregues na casa dos consumidores. Irene orienta que os produtos estejam embalados, identificados e pesados, e que os entregadores usem máscara e evitem contato próximo com os clientes.

“Toda a ação é feita utilizando tecnologias virtuais, prezando pela saúde e garantia de qualidade dos produtos, observa a extensionista, ao relatar os excelentes resultados da ação, que viabiliza a venda, gera renda para os produtores e valoriza os produtos e agricultores locais, além de garantir alimentação de qualidade para as famílias sertanenses, especialmente àquelas que têm dificuldades para sair de casa.

A atuação da Emater/RS-Ascar em todo o Estado tem a parceria da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais