Vacina contra gripe continua disponível para os grupos de risco

No sábado (12), Dia “D” da vacinação, as Unidades Básicas de Saúde (UBS`s) do município estiveram abertas o dia todo para atender aos que buscavam se imunizar contra influenza A (H1N1), A (H3N2) e B. A Campanha, que aconteceu em todo o País, buscou intensificar a adesão à vacinação para garantir o maior número de pessoas protegidas do vírus nesta época do ano.Desde o início da Campanha até ontem, Dia D, mais de 16 mil doses da vacina foram aplicadas imunizando um total de 56,30% da população. A coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde alerta para a necessidade de as pessoas buscarem a vacina. “O ideal é tomar essa providência antes que o frio se intensifique, pois a vacina demora alguns dias para atingir a eficácia total”, explica Carla Strapasson.

A Secretaria Municipal de Saúde segue disponibilizando a vacina aos grupos de risco até o dia 1 de junho. A meta é atingir 90% de cobertura de pessoas acima dos 60 anos, trabalhadores da saúde, gestantes, crianças de seis meses a quatro anos 11 meses e 29 dias, indígenas, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas portadoras de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adolescentes jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas sócio educativas e professores das escolas públicas e privadas.A vacinação contra a influenza mostra-se como uma das medidas mais eficazes para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. Apenas alérgicos a ovo, os que tiveram reações graves à vacina anteriormente ou que apresentem febre alta, não devem se vacinar.

Comentários estão fechados.