Vacina contra gripe continua disponível para os grupos de risco

No sábado (12), Dia “D” da vacinação, as Unidades Básicas de Saúde (UBS`s) do município estiveram abertas o dia todo para atender aos que buscavam se imunizar contra influenza A (H1N1), A (H3N2) e B. A Campanha, que aconteceu em todo o País, buscou intensificar a adesão à vacinação para garantir o maior número de pessoas protegidas do vírus nesta época do ano.Desde o início da Campanha até ontem, Dia D, mais de 16 mil doses da vacina foram aplicadas imunizando um total de 56,30% da população. A coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde alerta para a necessidade de as pessoas buscarem a vacina. “O ideal é tomar essa providência antes que o frio se intensifique, pois a vacina demora alguns dias para atingir a eficácia total”, explica Carla Strapasson.

A Secretaria Municipal de Saúde segue disponibilizando a vacina aos grupos de risco até o dia 1 de junho. A meta é atingir 90% de cobertura de pessoas acima dos 60 anos, trabalhadores da saúde, gestantes, crianças de seis meses a quatro anos 11 meses e 29 dias, indígenas, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas portadoras de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adolescentes jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas sócio educativas e professores das escolas públicas e privadas.A vacinação contra a influenza mostra-se como uma das medidas mais eficazes para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. Apenas alérgicos a ovo, os que tiveram reações graves à vacina anteriormente ou que apresentem febre alta, não devem se vacinar.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais