Clanel direciona parte da sua produção na confecção de máscaras

A empresa erechinense Clanel que se especializou na produção de uniformes profissionais e outras áreas de confecção, agora se adapta a uma nova realidade. Em função da pandemia do coronavírus e falta de máscaras no mercado, a Clanel direcionou parte de sua produção para a confecção de máscaras de tecido.

A empresa busca suprir a demanda da área da saúde e atender a população de modo geral. Em pouco tempo de produção, as máscaras já estão sendo vendidas para todo o Brasil e principalmente, no mercado gaúcho.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais