Terceira fase do Pronampe libera R$ 423,2 milhões a pequenas empresas do RS

Estado teve 3,6 mil operações na etapa do programa realizada no final de 2020

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Disponível apenas nas últimas horas de 2020, a terceira fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) liberou R$ 423,2 milhões no Rio Grande do Sul, em 3,6 mil operações de crédito. Os números constam no balanço de 7 de janeiro do Fundo de Garantia de Operações (FGO), administrado pelo Banco do Brasil e que tem a função de avalizar os empréstimos.

Nesta etapa do programa, o Estado foi o quarto no país em número de empréstimos, atrás de São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Já em volume de recursos captados, os gaúchos figuraram como os terceiros, aquém de paulistas e mineiros. No Brasil, os bancos liberaram R$ 4,84 bilhões em 42,9 mil contratos com micro e pequenos negócios. O montante representa 47% dos R$ 10,19 bilhões repassados pelo governo federal ao FGO para novas operações no âmbito do Pronampe. 

O curto prazo entre a disponibilização dos recursos e o período de captação dos empréstimos é o que justifica a sobra dos recursos destinados à terceira etapa do programa, na avaliação do analista de soluções financeiras do Sebrae-RS, Augusto Martinenco. Aprovada no Senado em 11 de novembro e na Câmara dos Deputados em 22 de dezembro, o aporte extra ao FGO só foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro na noite do dia 29 do mês passado.  

Destino dos recursos da terceira fase do Pronampe

  • São Paulo: 10.582 operações, R$ 1,16 bilhão liberados
  • Minas Gerais: 4.999 operações, R$ 542 milhões liberados
  • Paraná: 3.710 operações, R$ 399,4 milhões liberados
  • Rio Grande do Sul: 3.615 operações, R$ 423,2 milhões liberados
  • Rio de Janeiro: 3.036 operações, R$ 353,5 milhões liberados
  • Total do Brasil: 42.952 operações, R$ 4,84 bilhões liberados

Fonte: GaúchaZH

Get real time updates directly on you device, subscribe now.