Dezembro Laranja: Unimed Erechim alerta para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de pele

Campanha assegura atendimento, diagnóstico e tratamento gratuito para pacientes com lesões de câncer ou pré-câncer

Médicas dermatologistas Edinéia Kleber, Jaqueline Buaes Graeff e Flávia Boff

O câncer de pele afeta milhares de brasileiros. Para auxiliar na prevenção e diagnóstico precoce, a Unimed Erechim, em parceria com as dermatologistas Edinéia Kleber, Flávia Boff e Jaqueline Buaes Graeff, disponibilizou 100 consultas gratuitas a pessoas expostas a fatores de risco. A ação voluntária foi realizada nos dias 7 e 8 de dezembro, no Centro de Qualidade de Vida Unimed. Essa foi 17ª edição da campanha que visa o combate ao câncer de maior incidência no país.

A exemplo de 2017, no dia anterior à consulta médica, os pacientes foram avaliados pela equipe de enfermagem. A etapa é importante pois diferencia lesões pré-cancerígenas ou cancerígenas de outras doenças dermatológicas. “Entretanto, a triagem não descarta a necessidade de avaliação médica, tendo em vista que os danos à pele podem evoluir ou sofrer alterações com o passar dos anos”, atenta a enfermeira Anamaria Bortolanza.

Engajada à campanha desde a primeira edição, a dermatologista Jaqueline Buaes Graeff reforça o chamado para que as pessoas aproveitem oportunidades de cuidado. “Nossa região tem alta incidência da doença, principalmente porque há muitas pessoas de pele clara e que trabalham expostas ao sol. Sabemos que muitos têm dificuldade de acesso ao atendimento. Por meio da campanha, consultamos, diagnosticamos e tratamos gratuitamente os casos de pré-câncer e câncer”, enfatiza.

Conforme a dermatologista Edinéia Kleber, embora a prevenção deva ocorrer durante todo o ano, o movimento Dezembro Laranja, criado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) há cinco anos, dá visibilidade ao tema.   “A campanha é sempre muito produtiva pois conseguimos ajudar várias pessoas que não têm condições financeiras de arcar com os custos do tratamento. Mas a mensagem de prevenção precisa ser fortalecida”, afirma. “Nosso apelo é para que as pessoas não se exponham ao sol sem proteção, apliquem o filtro solar no mínimo duas vezes ao dia, usem roupas de mangas longas e, em caso de dúvidas, procurem o dermatologista”, ressalta.

Em 17 anos de campanha, mais de 1600 pessoas já foram beneficiadas. O índice de satisfação dos participantes segue acima de 97%.  A próxima edição está marcada para a primeira semana de dezembro de 2019.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais