HC alerta para a importância da prevenção no Dia Mundial do Diabetes

Data é comemorada em 14 de novembro

56

Para alertar as pessoas quanto ao controle e prevenção do diabetes tipo 2 – único tipo evitável da doença –, é celebrado, no dia 14 de novembro, o Dia Mundial do Diabetes. Instituído em 1991, pela IDF (Federação Internacional de Diabetes), em conjunto com a OMS (Organização Mundial da Saúde), foi uma resposta às preocupações sobre os crescentes números de diagnósticos no mundo.

A data tornou-se oficial em 2007, por proposição da ONU (Organização das Nações Unidas). O dia 14 de novembro foi escolhido por marcar o aniversário de Frederick Banting que, junto com Charles Best, concebeu a ideia que levou à descoberta da insulina, em 1921.

Para marcar a data, o Hospital de Caridade de Erechim chama a atenção para a importância da prevenção. Conhecida por Diabetes Mellitus, é uma doença crônica caracterizada pela ausência absoluta ou relativa de insulina no organismo. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, responsável por carrear o açúcar no sangue. Sem ela, o corpo sofre com a alteração do metabolismo de açúcares, gorduras e proteínas.

Existem dois tipos de Diabetes: Tipo I – manifesta-se durante a infância ou adolescência. Neste caso, o pâncreas para de produzir insulina, e o portador precisa de sua reposição durante toda a vida; Tipo II – tem início na vida adulta. Neste tipo, o pâncreas produz insulina, mas o organismo apresenta resistência à sua ação. Na maioria dos casos do tipo II, o portador é tratado com medicamentos por via oral. Já o Diabetes Gestacional só aparece durante a gravidez, quando a mulher produz uma série de hormônios que aumentam os níveis de glicose no sangue.

Entre os sintomas, que são iguais nos dois tipos, estão sede em excesso e necessidade de urinar frequentemente, perda de peso, cansaço ou fraqueza, tremores e desmaios, visão embaçada e fome repentina ou em excesso. O tratamento no Tipo II é geralmente baseado em medicamentos que controlam os níveis de açúcar no sangue e adoção de hábitos saudáveis. No Tipo I, além de hábitos saudáveis, na maioria dos casos é necessária a reposição diária de insulina, fabricada em laboratório.

DICAS DE ALIMENTAÇÃO E HÁBITOS SAUDÁVEIS PARA DIABÉTICOS

1. Distribua os alimentos em cinco ou seis refeições;

2. Estabeleça horário para as refeições;

3. Evite os açúcares;

4. Diminua o consumo de gordura;

5. Evite os alimentos salgados, pois eles podem aumentar a pressão arterial;

6. Prefira alimentos ricos em fibras (frutas, verdura, feijão, arroz integral, pão integral, aveia em flocos etc);

7. Consuma variados tipos de frutas e verduras: use sempre os de cor intensa, como os verde-escuros e amarelos;

8. Evite bebida alcoólica;

9. Beba água: 8 a 10 copos por dia;

10. Pratique exercícios físicos.

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.