Assinatura digital, aliada das imobiliárias para otimizar a venda de imóveis em Porto Alegre

Saiba como funciona a realização dos contratos de forma online

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O mercado imobiliário é um dos segmentos mais sensíveis as mudanças geradas no mercado, no sentido econômico, social e agora digital. Não é de hoje que as imobiliárias tem investido na adaptação para o ambiente online, seja através de site de classificados e uso de outras ferramentas que permitem realizar o anúncio das unidades a um número maior de pessoas que venham a ter o interesse em estar conhecendo e mais tarde adquirindo a casa ou apartamento em Porto Alegre próprio.

Entre as soluções que tem facilitado o processo de compra e venda para clientes, corretores de imóveis e proprietários é a chamada assinatura digital. Esse novo serviço ofertado por startups imobiliárias e empresas de tecnologia permite realizar a assinatura do contrato de venda de digital e dentro de todos os trâmites legais. O que até então era apontado como uma tendência, tem se tornado cada vez mais popular entre empresas imobiliárias, uma vez que agiliza e diminui a burocracia de uma das etapas mais importantes da compra de imóvel: a oficialização do contrato por meio da assinatura.

É importante destacar que existe diferenças entre a assinatura digital e a assinatura eletrônica. Conforme a MP 2.200/02 ambas as formas são válidas de garantir o compromisso perante a legislação, mas apresentam formatos diferentes de serem aplicados. No caso da assinatura digital, o assinante deve possuir um certificado digital do ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras). É por meio destecertificado quese torna possível identificar um signatário na internet e autenticar a validade jurídica da assinatura. Ao acessar um portal de assinaturas, o usuário pode subir o seu documento e utilizar seu certificado para realizar a assinatura.

Já na assinatura eletrônica, funciona de uma forma um pouco diferente. A comprovação da validade do registro acontece por meio de algumas evidências, entre elas: grafia da assinatura, GPS, data e hora, IP do computador, fotografia, voz e outros recursos que possam vir a ser coletados. Tudo isso acontece de forma automática, no momento da assinatura.

As duas formas apresentadas são reconhecidas perante a legislação brasileira e podem vir a ser utilizadas na assinatura em contratos imobiliários. Agora que você já conhece um pouco mais sobre essa tecnologia, veja como ela pode influenciar ao comprar casa em Porto Alegre utilizando a internet.

No que isso interfere na aquisição do imóvel?

Uma das principais mudanças em comparação com um processo de compra presencial está na redução de tempo e de burocracia inerentes a assinatura do contrato. Isso porque na forma tradicional seria preciso reunir todos os envolvidos no processo que vão desde comprador e proprietário, fiadores, visita a cartórios, reconhecimento de firma para que o contrato então passe a ter validade legal. Com a assinatura digital tudo isso acontece com o upload do documento em um portal para a assinatura de ambas as partes envolvidas. Tudo acontece de forma 100% digital, após a proposta ser aceita entre comprador e proprietário e acontecer a aprovação do crédito para a aquisição. Então os envolvidos recebem o contrato e até 12 horas todo o processo está enfim realizado, sem custo a mais para o cliente.

Como funciona a verificação dos documentos?

A assinatura digital tem como seu principal objetivo apresentar validade jurídica e substituir a necessidade de papel e caneta na oficialização de negócios realizados a partir de imóveis em Porto Alegre para vender. A validação em si acontece em três etapas que tem por função garantir que os documentos são verdadeiros e confiáveis, sendo elas: a autenticidade, a integridade e o não repúdio. A autenticidade como o próprio nome já diz, busca garantir que a assinatura é verdadeira e foi realizada pelo próprio assinante, diminuindo as possibilidades de fraude. A integridade garante que o documento não sofreu nenhuma espécie de alteração antes de ser submetido a assinatura, garantindo assim a confiabilidade das cláusulas contratuais apresentadas. E por fim o não-repúdio tem como função informar a uma autoridade legal sobre a assinatura do contrato.Isso permite que os autores não venham posteriormente negar a autoria da assinatura.

 Quais as vantagens da assinatura digital

Como outras ferramentas disponibilizadas na internet, a assinatura digital vem então eliminar as burocracias inerentes a realização do contrato de compra de imóvel, dentro do contexto do mercado imobiliário. Com a assinatura digital é possível realizar todo o processo utilizando apenas a internet, de forma 100% e em questão de poucas horas. Isso tudo agiliza em muito a etapa de venda e até mesmo a transferência do imóvel entre as partes interessadas, sem a necessidade de haver uma espera entre comprador e proprietário, meramente relacionadas a trâmites legais e que de nada agregam na realização do negócio.  Outro ponto positivo que tem feito toda a diferença e está contribuindo para popular ainda mais a assinatura digital é a questão da segurança. As etapas de validação ampliam e muito a garantia de sucesso da operação para ambas as partes envolvidas, reduzindo a possibilidade de golpes e fraudes que possam vir a ser aplicados.

Isso só tem a fomentar a relação de ganha-ganha entre os envolvidos na compra, além de garantir que ninguém acabe sendo prejudicado. Além disso, a assinatura digital otimiza o tempo daqueles envolvidos no processo, eliminando as etapas de deslocamento, visitas ao cartório e ainda os custos envolvidos nesse processo uma vez que toda a validação acontece de forma digital. Por fim isso também aumenta e muito a comodidade dos clientes, uma vez que todo o processo pode ser realizado em casa e de onde os envolvidos estiverem presentes, com segurança, realização em poucas horas e ainda validade jurídica, que garante a oficialização da operação sem necessidade de refação em outro momento de forma presencial. Cada vez mais a assinatura digital tem conquistado mais adeptos do mercado imobiliário. Nos Estados Unidos, 80% dos contratos já são fechados de forma digital. Agora no Brasil esse percentual está perto dos 30% de realização, crescendo cada dia mais entre as imobiliárias e portais online do país.

Curtiu? Compartilhe em suas redes sociais!

Get real time updates directly on you device, subscribe now.