Erechinenses amanhecem sem transporte coletivo em função de manifestação

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Desde a madrugada desta sexta-feira (14), manifestantes se reuniram em frente ao portão da empresa de transporte coletivo Urbano, em protesto contra a Reforma da Previdência. Fazem parte do ato estudantes de várias instituições de ensino e trabalhadores, os mesmos impediram a saída dos ônibus da garagem, com uma fogueira.

“Nós não temos hora para sair daqui. Essa manifestação é de interesse dos trabalhadores, são eles os mais prejudicados com a reforma da previdência”, destacou o estudante Adriano.

Já os motoristas e cobradores permanecem no pátio da empresa.

Por A Redação

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais