Frente Parlamentar pela Desburocratização prepara relatório de propostas que será entregue ao Poder Executivo

Instituída em janeiro deste ano, a Frente Parlamentar pela Desburocratização tem como objetivo simplificar o ambiente de negócios e fortalecer o desenvolvimento econômico do município. Ao longo do primeiro bimestre, foram realizadas na Câmara diversas reuniões com entidades erechinenses, buscando soluções para o problema em questão. Na manhã desta segunda-feira (13), um novo encontro validou uma série de propostas que farão parte de um relatório a ser encaminhado ao Poder Executivo até o dia 24 de abril. A frente tem em sua coordenação os vereadores Rafael Ayub (MDB) como presidente e Renan Soccol (Progressistas) como vice-presidente, e a vereadora Eni Scandolara (Progressistas) como secretária.

Ao todo foram mais de 40 propostas criadas com a intenção de minimizar a burocracia existente em Erechim. Participaram das reuniões contadores, entidades empresariais, entidades da Construção Civil, Corpo de Bombeiros, além de integrantes do Comitê de Desburocratização da Prefeitura e vereadores que integram a frente. Antes de ser entregue em definitivo ao Executivo, o relatório com as propostas será revisado pelas referidas entidades. De acordo com o presidente da frente, é de suma importância, sobretudo pelo momento de crise e instabilidade econômica impostos pela pandemia do novo coronavírus, que o documento esteja nas mãos do prefeito o quanto antes. “Em poucos dias faremos o encaminhamento ao Executivo, para, assim, trazer uma resposta que também nesse momento de pandemia possa ser importante em relação a estímulo ao comérico, ao empreendedorismo, para que possamos sair logo desta situação de crise”, afirma Ayub.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais