Auxílio Emergencial: Câmara realizará cadastros até sexta-feira

Desde o dia 7 de abril, a Câmara Municipal de Vereadores de Erechim tem dado suporte à população que deseja realizar o cadastro para recebimento do Auxílio Emergencial de R$ 600, pago pelo governo federal em virtude da crise econômica agravada pela pandemia do novo coronavírus. Com funcionários disponibilizados para o atendimento ao público no plenário, o Poder Legislativo continuará a fazer os cadastros até sexta-feira (17), das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, por ordem de chegada.

Em uma semana, o presidente da Câmara, Mario Rossi (MDB), estima que cerca de 900 pessoas foram atendidas. Destas, cerca de 600 tiveram o cadastro efetivado – as demais já possuíam algum tipo de benefício, não sendo necessário refazer a operação. “Estamos fazendo nossa parte enquanto poder público. Já que muitos erechinenses não conseguem realizar o cadastro e necessitam demais deste auxílio financeiro”, afirma o presidente, ressaltando que a equipe de funcionários tem feito os atendimentos sempre com máscaras e álcool gel à disposição.

Grande ação no Bairro Progresso – No último sábado (11), foi realizada, a partir da união de esforços entre Câmara, Força Voluntário do Alto Uruguai, Defesa Civil de Erechim e Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), uma grande ação voluntária para cadastramento de cerca de 500 munícipes no Bairro Progresso.

Sobre o Auxílio Emergencial – Segundo o governo federal, são três calendários diferentes de pagamento: um para beneficiários do Bolsa Família; um para os inscritos no Cadastro Único que não recebem o Bolsa Família e mulheres chefes de família; e um para quem se inscreveu para receber o Auxílio Emergencial via aplicativo ou site do programa. Todas as informações sobre o auxílio podem ser acessadas no portal da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social (http://desenvolvimentosocial.gov.br/auxilio-emergencial/auxilio-emergencial-de-600)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais