I Feira da Terneira mostra a qualidade da bovinocultura de leite em Cruzaltense

Realizada nesta sexta-feira (13), a I Feira da Terneira de Cruzaltense. Treze famílias de agricultores participaram da Feira expondo 19 animais que estão sendo criados nas propriedades. Agostinho e Mari Tereza Capra, Amauri e Jucilene Witter, Clairton e Ivanete Maroli, Clóvis e Davir Dallabona, Diego e Clarice Tramontina, Ildo e Lídia Schmidt, Lauri e Claudino Gralik, Marcos e Anara Scolari, Natalino e Ana Gandini, Nelciomar e Adriana Bramati, Neri e Lenir Bampi, Sadi e Maria Perkuhn, Vicente e Ivani Karlinski são alguns dos agricultores que apostam na atividade leiteira e na criação de terneiras em suas propriedades. Além de assistir a exposição, julgamento e premiação das terneiras, os agricultores e a comunidade puderam assistir a duas palestras. “Como transformar uma terneira em uma vaca produtiva e as perspectivas da cadeia leiteira”, foi o tema abordado pelo médico veterinário especialista em bovinocultura de leite, Enedi Zanchet. O técnico agrícola e médico veterinário Rodrigo Carminatti falou sobre “O cenário atual e dados comparativos das terneiras da região com outros países”.

Durante a abertura do evento o prefeito, Kely José Longo, ressaltou que a atividade leiteira é muito importante para a economia do município. “A qualidade que está sendo demonstrada hoje é uma prova dos investimentos dos agricultores e da profissionalização deste setor da economia”, disse. Cerca de 200 famílias se dedicam à atividade no município, produzindo aproximadamente 10 milhões de litros de leite por ano. O governo municipal incentiva a produção de leite através do Programa de Silagem, que só nesse ano transformou 230 hectares de milho e deve processar mais 140 hectares do milho que está sendo cultivado. A parceria com a Emater garante assistência técnica e orientação de uso e implantação de tecnologias adequadas de alimentação à base de pasto e com suplementação, piqueteamento, silagem, condições para o bem estar animal, estrutura de ordenha adequada e criação de terneiras. Para o prefeito “a Feira da Terneira é apenas a primeira de muitas que devem ser realizadas para incentivar os agricultores e mostrar a qualidade da bovinocultura de leite de Cruzaltense para a região”.

No início da tarde o médico veterinário especialista em bovinocultura de leite, Enedi Zanchet, fez o julgamento das terneiras, premiando o primeiro, segundo e terceiro colocado em três categorias: raça Holandesa (de 4 a 6 meses); raça Holandesa (de 7 a 8 meses) e raça Jersey (de 7 a 8 meses). Os prêmios para os agricultores vencedores serão entregues durante o Baile do Município, que será realizado domingo, 15, a partir das 20h30min no Salão Paroquial.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais