I Feira da Terneira mostra a qualidade da bovinocultura de leite em Cruzaltense

Realizada nesta sexta-feira (13), a I Feira da Terneira de Cruzaltense. Treze famílias de agricultores participaram da Feira expondo 19 animais que estão sendo criados nas propriedades. Agostinho e Mari Tereza Capra, Amauri e Jucilene Witter, Clairton e Ivanete Maroli, Clóvis e Davir Dallabona, Diego e Clarice Tramontina, Ildo e Lídia Schmidt, Lauri e Claudino Gralik, Marcos e Anara Scolari, Natalino e Ana Gandini, Nelciomar e Adriana Bramati, Neri e Lenir Bampi, Sadi e Maria Perkuhn, Vicente e Ivani Karlinski são alguns dos agricultores que apostam na atividade leiteira e na criação de terneiras em suas propriedades. Além de assistir a exposição, julgamento e premiação das terneiras, os agricultores e a comunidade puderam assistir a duas palestras. “Como transformar uma terneira em uma vaca produtiva e as perspectivas da cadeia leiteira”, foi o tema abordado pelo médico veterinário especialista em bovinocultura de leite, Enedi Zanchet. O técnico agrícola e médico veterinário Rodrigo Carminatti falou sobre “O cenário atual e dados comparativos das terneiras da região com outros países”.

Durante a abertura do evento o prefeito, Kely José Longo, ressaltou que a atividade leiteira é muito importante para a economia do município. “A qualidade que está sendo demonstrada hoje é uma prova dos investimentos dos agricultores e da profissionalização deste setor da economia”, disse. Cerca de 200 famílias se dedicam à atividade no município, produzindo aproximadamente 10 milhões de litros de leite por ano. O governo municipal incentiva a produção de leite através do Programa de Silagem, que só nesse ano transformou 230 hectares de milho e deve processar mais 140 hectares do milho que está sendo cultivado. A parceria com a Emater garante assistência técnica e orientação de uso e implantação de tecnologias adequadas de alimentação à base de pasto e com suplementação, piqueteamento, silagem, condições para o bem estar animal, estrutura de ordenha adequada e criação de terneiras. Para o prefeito “a Feira da Terneira é apenas a primeira de muitas que devem ser realizadas para incentivar os agricultores e mostrar a qualidade da bovinocultura de leite de Cruzaltense para a região”.

No início da tarde o médico veterinário especialista em bovinocultura de leite, Enedi Zanchet, fez o julgamento das terneiras, premiando o primeiro, segundo e terceiro colocado em três categorias: raça Holandesa (de 4 a 6 meses); raça Holandesa (de 7 a 8 meses) e raça Jersey (de 7 a 8 meses). Os prêmios para os agricultores vencedores serão entregues durante o Baile do Município, que será realizado domingo, 15, a partir das 20h30min no Salão Paroquial.

Comentários estão fechados.