Perseguição a cigarreiros em Chapecó termina em Erval Grande

Por volta das 08h10min de terça-feira, 13 de março, uma guarnição da Brigada Militar de Erval Grande recebeu informação de que uma Toyota/Hilux e uma caminhonete Fiat/Strada, que haviam se envolvido em uma perseguição em Chapecó/SC, estariam deslocando em direção àquela cidade pela RSC 480. A guarnição deslocou em averiguações e em seguida visualizou os veículos, tentou efetuar a abordagem dos mesmos, que então iniciaram fuga em alta velocidade.

Pouco depois, a Hilux, contendo grande quantidade de cigarros contrabandeados, foi abandonada e o condutor adentrou na Strada. Em seguida a segunda caminhonete foi encontrada abandonada e suspeitou-se que os tripulantes teriam adentrado em um mato existente no local. Foram feitas buscas, porém ninguém foi localizado. A Toyota/Hilux constava como furtada/roubada e foi entregue na Delegacia de Polícia Federal.

 

Perseguição, atropelamento e morte em Santa Catarina

A perseguição em Erval Grande foi um desdobramento de fato ocorrido na noite anterior em Chapecó/SC. A polícia do Paraná teria informado aos policiais catarinenses que cinco veículos carregados com cigarros contrabandeados havia saído de Foz do Iguaçu e seguiria para o Rio Grande do Sul.

Por volta das 22h, policiais da Rocam avistaram dois carros, com placas do Paraná, trafegando pela região norte do município e tentou abordagem. Os veículos empreenderam fuga. Um dos carros acabou batendo na traseira de outro estacionado e foi cercado pela polícia.

O outro carro, na fuga, atropelou um policial militar que tripulava uma moto da Rocam, e o motorista, o paranaense Cristiano Ribeiro, 32 anos, acabou alvejado por disparos da polícia e faleceu no local.

No bairro Jardim América, os policiais localizaram uma caminhonete carregada de cigarros, abandonada no pátio de uma igreja. A suspeita é que o motorista tenha sido resgatado por batedores. Os outros dois veículos conseguiram fugir de Santa Catarina, mas foram localizados em Erval Grande.

Comentários estão fechados.