Acadêmicos de Direito da URI realizam Júri Simulado e participam de “Júri Explicativo”

O Curso de Direito da URI realizou no dia 29 de novembro, um júri simulado, sob a orientação da professora e Defensora Pública Raquel Fellini. A solenidade contou com o apoio do Juiz de Direito Marcos Luís Agostini e da Promotora de Justiça Stela Bordin, respectivamente, titulares da Vara do Júri da Comarca de Erechim, que acompanharam todo o julgamento, inclusive recebendo os acadêmicos em data anterior à sessão para prestar orientações e esclarecimentos referentes às suas funções.

        A atividade envolveu não só os alunos da disciplina de Estágio de Prática Jurídica III (8 º semestre), que foram os protagonistas do julgamento, preparando a defesa e a acusação, como os de outros semestres figurando como jurados e assistentes. A sessão iniciou às 13h30min e encerrou às 18h30min, sendo realizada no Salão do Tribunal do Júri do Fórum de Erechim, proporcionando uma experiência singular aos acadêmicos que tiveram a oportunidade de vivenciar na prática a sustentação oral em um plenário de júri.

        O júri simulado julgou um caso de homicídio simples e três tentativas de homicídio simples em processo real que ocorreu na Comarca de Erechim na década de 1990. Três acadêmicos atuaram pela defesa e três pela acusação (com sustentação oral), três representaram os acusados e um a vítima (prestando depoimentos em plenário), dois, os oficiais de justiça, dois, os policiais militares e um, o secretário auxiliar do juiz. Além disso, sete acadêmicos de outro semestre figuraram como jurados.

        Segundo a professora Raquel Fellini, “o júri simulado representa uma aproximação do acadêmico com o dia a dia forense e a oportunidade de vivenciar o Direito na prática, exercitando a sustentação de teses jurídicas e a oralidade”. Além disso, os relatos dos alunos que participaram do júri simulado evidenciam a importância da atividade para o aprendizado e crescimento pessoal.

        Para o acadêmico Murilo Vanin, que atuou na defesa, foi uma “experiência incrível. Mais uma barreira das dificuldades da vida que foi quebrada, mais um salto para perto de nos tornarmos profissionais, mais uma confirmação de que escolhi a profissão certa”.

        A acadêmica Cristina Kediz, que representou a defesa, ressaltou: “Com certeza, foi um dos mais desafiantes e enriquecedores momentos da faculdade. Participar do Júri Simulado, com colegas tão dedicados e competentes, foi uma experiência incrível.”

        Cláudia Facioli Bazi, acadêmica que atuou pela defesa, mencionou que o júri simulado foi incrível e agradeceu a professora Raquel Fellini por proporcionar esse momento.

        Já para a acadêmica Thaiane Picoli Tomazelli, que participou como juíza, foi “um momento de vivência prática excepcional. Além da oportunidade de participar, tivemos todo o apoio de profissionais excelentes. Ótimo semestre com um encerramento brilhante.”

        Nathália Del Castel, acadêmica que atuou na acusação, referiu: “Certamente, foi uma experiência que nos proporcionou muito aprendizado enquanto acadêmicos e futuros profissionais”.

        A acadêmica Brenda Alberti, que representou a acusação, ressaltou que “foi uma data em que nós, alunos e futuros profissionais do âmbito jurídico, fomos desafiados a colocar em prática o que vemos em sala de aula, a enfrentarmos nossos medos e defendermos nossa tese. Dessa forma, depois de passar todo o nervosismo e a ansiedade, o que resultou foi muito conhecimento, aprendizado e boas risadas. Com certeza, eu vou levar essa experiência para a minha vida profissional, pois me inspirou a crescer e evoluir”.

        Bruna Rampanelli, aluna que atuou pela acusação, disse: “Com certeza foi um dos melhores momentos da faculdade, onde tive a oportunidade de atuar como Promotora de Justiça, gerando em mim muita expectativa e insegurança, tendo em vista se tratar de uma profissão que admiro demais e pelo carinho que tenho pelo Ministério Público. Estou indo para o último ano de faculdade com a certeza de que escolhi o curso certo. Só agradecer a professora Raquel Fellini pela oportunidade maravilhosa que nos proporcionou”.

        Além disso, anteriormente à realização de tal atividade, a Professora Raquel Fellini acompanhou os acadêmicos da disciplina de Estágio de Prática Jurídica (8º semestre) na sessão de julgamento de um processo real, ocorrido no dia 14 de novembro, no Fórum da Comarca de Erechim. Durante a solenidade, nominada como “júri explicativo”, o Juiz de Direito Marcos Luís Agostini e Promotora de Justiça Stela Bordin, explicaram o procedimento e as fases do julgamento pelo Tribunal do Júri.

Comentários estão fechados.