Alunos do Colégio Haidée desenvolvem projeto – Anos Rebeldes

Os Terceiros Anos do Colégio Haidée, sob a orientação da Professora Maribel e os Professores das Humanas, desenvolveram mais um momento do “DIFERENTE” , desta vez, o Tema escolhido foi “Anos Rebeldes” – marcando Época nos Anos 60, 70 e 80, um período marcado por movimentos sociais, protestos e mobilizações em todo mundo. O Colégio esteve envolvido com momentos de apresentações dos alunos, partilha de conhecimentos e troca de livros com a Livraria Agridoce.

Á década de 1960 foi marcada por vários movimentos sociais, protestos e mobilizações em todo o mundo, tanto em países capitalistas como socialistas. Por isso, esse período é chamando de Anos Rebeldes.  Por toda parte, diferentes grupos exprimiam seus projetos para a sociedade e seu inconformismo com a situação daquele momento. Manifestavam –se grupos pelos direitos de negros, de mulheres, de homossexuais, de estudantes de minorias éticas, entre muitos outros.

A década de 1960, em especial o ano de 1968, tornou –se ícone por tudo que representou para lutas e conquistas sociais. Muitos a veem como uma época que não terminou, pelo fato de as promessas de paz, amor e liberdade contra a opressão e a alienação ainda não terem se concretizado.

No Brasil não foi diferente: as Anos Rebeldes também foram os anos da queda da democracia e da instalação da ditadura, com manifestações de estudantes, sindicatos e artistas das mais diferentes áreas. Para ficar apenas no exemplo da música, foi a época em que se formou uma longa e rica lista de cantores e compositores que se manifestaram em atuações por toda a época da ditadura militar .

 

 

 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.