Dois grandes “abacaxis” para serem descascados pelo governo Schmidt

Até o final deste ano, o prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt tem dois grandes “abacaxis” para serem descascados. Com o anúncio da saída do secretário da Saúde Jackson Arpini, um dos melhores da sua equipe, Schmidt vai ter dificuldade para encontrar um nome dentro da atual equipe que possa ocupar o cargo. Outro problema é a possível saída do Diretor Executivo da Fundação Hospitalar Santa Terezinha Hélio Bianchi. Dificilmente, alguém vai querer assumir a direção de um hospital que não tem o respaldo do governo do Estado, que não está recebendo verbas nem para pagar os serviços prestados. E para piorar a situação, não existe nenhuma perspectiva de melhora no atual quadro econômico.

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.