MPF em Erechim cobra que a Rumo Malha Sul S.A. realize os reparos de urgência na ponte rodoferroviária de Marcelino Ramos

Após obter liminar no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o Ministério Público Federal em Erechim está cobrando que a concessionária Rumo Malha Sul S.A. cumpra a decisão proferida, qual seja: realizar, no prazo máximo de 60 dias, reparos de urgência na parte rodoviária da ponte situada entre os municípios de Marcelino Ramos/RS e Alto Bela Vista/SC.

No dia 18 de junho de 2018, nos autos do agravo de instrumento nº 5020434-43.2018.4.04.0000, o TRF4 acolheu os argumentos do MPF e deferiu liminar determinado a realização dos reparos na ponte por parte da concessionária. A Rumo Malha Sul S.A. interpôs recurso, mas, no dia 31 de julho de 2018, o TRF4 manteve a decisão inicial.

Apesar disso, não há notícia de que a concessionária tenha cumprido a decisão, razão pela qual o MPF requereu à Justiça Federal em Erechim que intime a Rumo Malha Sul S.A. para que, no prazo de 5 dias, comprove o cumprimento da liminar.

Destaque-se que já transcorreu mais da metade do prazo de 60 dias dado pelo TRF4, sem que a concessionária Rumo tenha prestado qualquer informação, evidenciando claro desrespeito à decisão do Poder Judiciário.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais