Segurança alimentar em pauta no 25 de Julho

Tendo como pauta a promoção e segurança alimentar, o Centro Cultural 25 de Julho foi palco, na noite desta quinta-feira, 12, da palestra “Promoção da Segurança Alimentar e Nutricional e da Alimentação Saudável e Prevenção da Obesidade Infantil”.

Na oportunidade a presença de alunos, pais, nutricionistas, professores, do vice-prefeito Marcos Lando e da secretária de Educação, Vanir Clara Bombardelli. Como palestrante, a nutricionista Ana Carolina Terrazzan, especialista em Nutrição Materno Infantil, especialista em Clínica do Adulto, Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente e docente do curso de Nutrição

Desde 2011 o município aderiu ao Programa Saúde na Escola (PSE), o qual tem como objetivo contribuir para o fortalecimento de ações na perspectiva do desenvolvimento integral e proporcionar ao escolar maior participação em programas e projetos que articulem saúde e educação, visando o enfraquecimento das vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento de crianças e jovens.

O Grupo de Trabalho Intersetorial do PSE, tem o objetivo de planejar, monitorar e avaliar as ações do programa, além de uma efetiva inclusão dos temas relacionados as ações do PES. Dentre as 12 ações, uma delas é a promoção da segurança alimentar e nutricional e da alimentação saudável e prevenção da obesidade infantil.

Atualmente 21 escolas e 18 equipes de atenção básica fazem parte do PES, as quais já realizam atividades com alunos da rede Municipal e Estadual de nosso município. Aproximadamente 7.129 alunos participam das ações do PSE.

Na abertura dos trabalhos, a secretária de Educação, Vanir Clara Bombardelli destacou que as escolhas são individuais, mas que as consequências são compartilhadas pontuando a alimentação saudável como fator primordial para o bem de toda a população. “Escolher o alimento é algo sagrado, mas com a atual tecnologia junto as indústrias se torna difícil a escolha pela quantidade de alimentos oferecidos. Hoje temos as nutricionistas que escolhem, junto as escolas, um cardápio saudável, mas fora dela as crianças escolhem alimentos nem tanto saudáveis. Achamos que sabemos tudo sobre a alimentação, mas o óbvio deve ser dito”.

Vanir lembrou sobre a importância do esporte na vida dos adolescentes, visto que hoje em dia as crianças fazem muito uso do celular, deixando as práticas esportivas de lado, o que gera a obesidade infantil, um grave problema no Brasil e resto do mundo.

O presidente do Legislativo, Rafael Ayub destacou o assunto de extrema importância, lembrando a adesão por parte do município de Erechim em 2011, como relatou o Projeto de Lei Legislativo Estadual, no qual proíbe, junto as cantinas das escolas, a venda de alimentos industrializados, o que aumenta a obesidade infantil. “Que possamos levar para casa uma ideia de alimentação saudável”.

Por fim, Marcos Lando destacou que o município irá fazer parcerias para que se possa, cada vez mais, combater aquilo que pode ser o mal do século, ou seja, a obesidade. “Vamos buscar as melhorias, não somente junto as escolas, mas um trabalho com as famílias dos estudantes”.

Comentários estão fechados.